Cáritas – Várias frentes para fazer bem a quem precisa

Terminou no passado domingo, a Semana Nacional da Cáritas, que teve como tema “Cáritas: Coração da Igreja no Mundo”. Além da reflexão, oração e sensibilização, realizou-se o peditório público em várias localidades.

Esta ação contribui, anualmente, para que a Cáritas Diocesana possa apoiar mais de um milhar de pessoas em situação de carência, através de variados projetos que damos a conhecer nesta edição do Presente Leiria-Fátima (2016.03.03). A dar um novo impulso a este trabalho, está a Cáritas Jovem, que desde 2014 envolve os jovens na ação solidária. Damos a conhecer ainda o trabalho atento e próximo da Cáritas paroquial da Caranguejeira: um exemplo de sucesso que envolve toda a comunidade.

 

 

Projectos e iniciativas da Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima

Atendimento Social

Apoio social a vários níveis: ajuda no pagamento de contas da água, luz, gás; nas rendas de casa; transportes para consultas e apoio burocrático em pedidos de tarifas sociais e isenção das taxas moderadoras. Decorre nas instalações da Cáritas Diocesana, durante três dias por semana (segunda, quarta e sexta-feira, das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h00). São realizadas visitas domiciliárias.

Loja Solidária

Espaço que tenta satisfazer carências ao nível de vestuário, calçado, mobiliário, equipamento doméstico, brinquedos, livros e material escolar. Garantida por 15 voluntárias, que também fazem a triagem dos bens recebidos pela Cáritas Diocesana. Podem beneficiar as famílias com processo social na Cáritas e que preencham os requisitos do regulamento do serviço.

Reaproveitamento alimentar

Uma parceria que existe, desde 2012, entre a Cáritas Diocesana e uma cadeia de supermercados. Envolve seis grupos sócio-caritativos (Barreira, Parceiros, Marrazes, Pousos, Leiria e Marinha Grande), o Centro de Acolhimento de Leiria e o Lar de Santa Isabel, também em Leiria. Estas instituições vão buscar aos supermercados, ao final de cada dia, produtos que, embora ainda estejam aptos ao consumo, já não são vendáveis. Estes produtos são depois canalizados para as famílias ajudadas pelas instituições. No ano passado, foram apoiados 634 agregados familiares.

+ Próximo

Projeto que oferece formação aos grupos sócio-caritativos paroquiais. A plano de formação foi pensada pela Cáritas Portuguesa e é dinamizado pela Cáritas Diocesana. Pretende “sensibilizar e envolver as comunidades cristãs na organização da pastoral social, este programa tem três grandes objetivos: reforço das competências dos agentes de ação social, a criação e animação de grupos nas comunidades paroquiais e a melhor cooperação entre os diferentes organismos e movimentos de ação social e caritativa”, lê-se na página da Cáritas Nacional. Em 2015 foram dados quatro módulos, num total de 23 sessões realizadas em sete paróquias.

Operação 10 Milhões de Estrelas

Através da venda de velas, pretende-se sensibilizar a população para a importância dos valores da paz e da solidariedade e angariar fundos para apoiar pessoas e famílias em situação de pobreza. Cerca de dois terços do valor angariado destina-se a todos aqueles que, em Portugal, são apoiados pela rede Cáritas; o restante serviu, no ano passado, para dar resposta a necessidades concretas de vítimas dos conflitos no Líbano, país que tem o maior número de refugiados per capita do mundo. Das 75 paróquias da Diocese, 58 aderiram à iniciativa, assim como três escolas, através da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica. Em 2015, foram vendidas, aproximadamente, 24 mil velas.

A Solidariedade brilha no Mercado Sant´Ana

Evento realizado desde 2013, onde é lançada a Operação 10 Milhões de Estrelas e que junta gastronomia, dança, música e, de há dois anos a esta parte, uma caminhada solidária, dinamizada pela Cáritas Jovem. Através deste evento, a Cáritas Diocesana dá a conhecer o seu trabalho à população, promovendo a solidariedade. O ano passado a iniciativa foi visitada por mais de oito centenas de visitantes e 250 participantes na caminhada solidária.

Casa da Praia do Pedrógão

Espaço da Cáritas Diocesana, onde decorre a Colónia de Férias. Está aberto a outros grupos para a realização de retiros, encontros e férias. O espaço dispõe de uma sala de formação, duas salas de reunião, um refeitório com capacidade para uma centena de pessoas, uma cozinha e cerca de 110 camas, entre camaratas e quartos. No Verão, passaram pela Casa da Praia, cerca de 350 idosos, entre IPSS’s, lares e grupo do Movimento da Vida Ascendente. Durante os restantes meses do ano, passaram mais dez grupos informais, num total de quase 400 pessoas.

Colónia Balnear

Colónia balnear que decorre durante o período de verão, na Casa da Praia do Pedrógão, em ordem a proporcionar às crianças e adolescentes, de modo especial em situações de carência, um período de férias que promova o seu bem-estar integral. A Colónia visa favorecer o crescimento e a saúde das crianças bem como o respetivo processo de integração e socialização e oferecer oportunidades para o seu desenvolvimento integral.”

Em 2015, ano em que comemorou o 30.º aniversário da primeira pedra, a Colónia Balnear ofereceu dias de férias a 230 crianças e 48 adolescentes, numa atividade que foi dinamizada por quase meia centena de monitores voluntários.

Através da campanha *“Padrinhos de umas Férias Felizes”*, empresas e pessoas a título individual custearam a participação de 93 crianças na Colónia de Férias.

 

 

Cáritas Jovem dá fôlego novo à solidariedade

2016-03-03 Caritas Jovem

Em junho de 2014, a Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima lançou a Cáritas Jovem com o intuito de envolver os jovens nas atividades sócio caritativas da diocese, através de diversos projetos sociais desenvolvidos. Iniciada por um grupo de monitores da Colónia Balnear que quis alargar a sua disponibilidade para o voluntariado ao resto do ano, estes jovens começaram a desenvolver projetos em prol dos menos favorecidos. A Cáritas Jovem tem uma equipa coordenadora de oito jovens que se reúne uma vez por mês.

Entre os projetos da Cáritas Jovem, está o *”Explica-me”*, que surgiu no ano passado, como resposta às necessidades que as famílias acompanhadas pela Cáritas Diocesana apresentam a nível do apoio escolar aos seus educandos. Depois de um ano, 18 adolescentes foram apoiados, semanalmente, por 11 explicadores voluntários.

No âmbito do “Explica-me”, foi lançado, no ano passado, através de uma parceria com o agrupamento de escuteiros de Santo Agostinho (1198), Leiria, o projeto *“30 por uma linha”*, através do qual são dinamizadas atividades lúdicas para os explicandos, no último sábado de cada mês, como forma de os motivar.

O “Equipa-te” é também iniciativa da Cáritas Jovem, que promove um fim de semana desportivo, na Casa da Praia do Pedrógão, destinado a adolescentes de famílias carenciadas, sinalizados através das respetivas paróquias. Já se realizaram dois fins-de-semana, estando já previsto um para este mês.

Desde outubro do ano passado, através de uma parceria com o PRESENTE, a Cáritas Jovem promove um ciclo de conferências, nas primeiras sextas-feiras de cada mês, com o lema *“Escuta-me”*. Dirigido a jovens e suas famílias, pretende-se que seja um contributo para “o desenvolvimento social, cultural e educacional da comunidade”, facilitando o acesso à informação, fomentando uma participação reflexiva e contribuindo para uma aprendizagem ativa de temas determinantes para o quotidiano”. As conferências decorrem na aula magna do Seminário Diocesano, sempre às 21h00. A próxima está agendada para amanhã, e abordará “O Direito das crianças a uma parentalidade e educação positivas”.

 

Cáritas paroquial da Caranguejeira

Um exemplo de sucesso que envolve toda a comunidade

2016-03-03 Caritas Caranguejeira

“Se não pudermos realizar grandes coisas, podemos pelo menos fazer coisas pequenas com grandeza”, é o lema da Cáritas paroquial da Caranguejeira, um caso de sucesso, que já foi apresentado num encontro nacional da Cáritas Portuguesa. A receita para o sucesso passa pelo envolvimento de toda a comunidade na ação sócio-caritativa, conforme apontou ao PRESENTE a presidente do grupo, Fernanda Fernandes.

 

A Cáritas paroquial da Caranguejeira (CpC) nasceu há 35 anos de um grupo sócio-caritativo das Conferências Vicentinas, que existia na paróquia há mais de 70 anos. No ano pastoral de 2010-2011, dedicado na Diocese à Caridade, D. António Marto lançava um apelo na Carta Pastoral para que se cuidasse, organizasse e estruturasse o serviço sócio-caritativo em cada comunidade. Este repto do Bispo Diocesano deu um novo impulso à CpC, que renovou a sua equipa durante os anos que se seguiram.

Pela ligação que já tinha com a ação sócio-caritativa na comunidade, Fernanda Fernandes foi convidada para liderar o grupo. Numa das primeiras estratégias de dinamização, a presidente procurou delegar a uma pessoa de cada lugar da paróquia a responsabilidade de estar atenta às necessidades da população, assumindo desde logo uma estratégia pro-ativa de proximidade com a comunidade. Em 2013, estava composto o grupo de 23 voluntários, de diferentes lugares da comunidade e de diversas áreas profissionais.

Envolver a comunidade

Nos projetos que dinamiza, a CdC procura envolver toda a comunidade. Neste sentido, tem havido uma aposta na formação, dando competências às pessoas que operam nesta área. Foi nesta paróquia que decorreu, em novembro de 2013, a primeira sessão de formação do projecto + Próximo, criado pela Cáritas Portuguesa e dinamizado pela Cáritas Diocesana.

Os projetos dinamizados pela CdC são o melhor exemplo desse esforço pelo envolvimento da comunidade na atividade caritativa, numa filosofia que tem sido essencial para o trabalho já desenvolvido. A mobilização da população, o estabelecimento de parcerias e o trabalho atento e próximo das necessidades da comunidade têm-se revelado um método exemplar.

“Mobilizar toda a comunidade na participação da ação sócio-caritativa é essencial. É importante que a comunidade saiba que o grupo existe e o que faz, por forma a podermos ajudar cada vez mais pessoas e da melhor maneira possível”, diz a presidente da CdC.

 

Ação da Cáritas paroquial da Caranguejeira

A CdC faz visitas domiciliárias, atendimento às famílias e comunidade e sinalização e reencaminhamento para outras instituições.

Todos os meses é entregue um cabaz às famílias carenciadas, que são avaliadas através dos seus rendimentos e despesas, com base em documentação que comprova a situação de carência. A CdC começou por apoiar 17 famílias e atualmente são já 23 os agregados apoiados, num total de 39 adultos e 19 crianças e jovens.

Foram estabelecidas parcerias com diversas instituições, por forma a garantir a resposta mais adequada a cada situação e para que não haja duplicação de ajudas.

É disponibilizado acompanhamento psicológico a crianças e jovens da paróquia, principalmente aos filhos das famílias carenciadas.

Em maio de 2014, foi inaugurado o Espaço de Partilha – Loja Social, que envolve toda a comunidade na ajuda aos mais desfavorecidos.

O grupo da CdC faz visitas à Prisão Escola de Leiria, na altura da Páscoa e do Natal, transmitindo um pouco de esperança aos reclusos.

A formação em agricultura biológica, com a finalidade de dar competências a toda a comunidade nesta área, tem-se revelado um sucesso nas várias turmas já criadas. Na sequência desta formação, os beneficiários foram convidados a cultivar um terreno com algumas hortas, das quais beneficiam no seu cabaz. O excedente é canalizado para a ajuda a outras instituições. Nesse terreno, cuidam também de algumas flores para enfeitar as igrejas da nossa paróquia.

São ainda dinamizadas outras formações e sessões de esclarecimento, dando sempre prioridade a pessoas com baixa auto-estima, em situação de exclusão social e desempregados.

O Dia Internacional do Idoso e o Dia Internacional do Doente são assinalados com um convívio entre os idosos da paróquia e uma visita ao Santuário de Fátima, respetivamente.

No Natal, são distribuídos presentes às crianças carenciadas, numa ação que se esforça por envolver todas as crianças através das escolas, numa campanha de recolha de brinquedos e material escolar.

Os beneficiários são incentivados a desenvolver atividades comunitárias, para uma maior integração na comunidade.

Participação em campanhas: recolha de alimentos; “papel por alimentos”, através do banco alimentar e “10 milhões de estrelas, um gesto pela paz”, da Cáritas Portuguesa.

A CdC proporciona férias às crianças mais desfavorecidas da paróquia, através da Colónia Balnear da Cáritas Diocesana.

 

Combater a solidão dos idosos através do convívio

Constatando que a solidão entre os idosos “era dos grandes problemas da sociedade”, a CdC desenvolveu o *projecto “Convivio+”*, que reúne idosos que se encontram nessa situação, nas tardes de quinta-feira, proporcionando-lhes um encontro através do qual possam conversar uns com os outros e ser ouvidos. Nessa tarde, alguém especializado numa área do canto, dança, animação, saúde e mobilidade dinamiza uma hora do encontro.

Leia esta e outras notícias na...

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.