Celebração do Crisma em Caxarias leva jovens a escreverem mensagem

Neste tempo de pandemia, em que somos chamados a reajustar o nosso dia-a-dia, uma grande parte da comunidade paroquial apenas pode estar presente espiritualmente e pela oração.

A comunidade paroquial de Caxarias acolheu no domingo, dia 18 de Outubro, o cardeal D. António Marto para a celebração do Sacramento do Crisma.

Nesta celebração, 28 jovens das paróquias de Caxarias e Olival receberam das suas mãos o Espírito Santo. Nas palavras que dirigiu a estes crismandos na sua homilia, D. António exortou-os a ser jovens enviados a ser discípulos, alimentados com a força do Espírito Santo, e não jovens “de sofá” a ver passar o mundo nos ecrãs da televisão e dos telemóveis e nos caminhos da internet. 

Neste tempo de pandemia, em que somos chamados a reajustar o nosso dia-a-dia, uma grande parte da comunidade paroquial apenas pode estar presente espiritualmente e pela oração.

Que estes jovens revestidos dos dons de Deus possam ser na igreja e no mundo testemunhos vivos de Cristo.

Jovens?! Sim! Calçar as botas e sair em missão.

Domingo foi um dia especial. Mais um grupo de jovens que ao longo de alguns meses acompanhei na preparação para o crisma, receberam das mãos do nosso Bispo, o Espírito Santo.

É uma idade de muitas escolhas e desafios a muitos níveis, alguns enormes, e que os inquietam: na escola, no que os faz estar integrados na sociedade em que vivem e certamente na fé. 

Acompanhar adolescentes e jovens traz-me também muitas vezes dúvidas, momentos de incerteza e por vezes momentos de desânimo, mas em larga maioria muitos momentos muito bons. Sinto-me agradecida por tudo aquilo que partilho com eles e que eles também partilham comigo.

As dúvidas e mudanças que borbulham no seu interior fazem-nos muitas vezes sentir-se incompreendidos, e podemos acrescentar a falta de confiança que muitos adultos têm na sua capacidade e vontade de fazer a diferença e de agir. Não são opção por serem jovens, e por isso simplesmente afastam-se e ficam à margem.

Partilho convosco a mensagem que o grupo me entregou no final da celebração (e que me autorizaram a partilhar): 

“Olá Catequista,

O teu grupo preferido de crismandos (agora já crismados) uniu-se e decidimos oferecer-te algo como forma de agradecimento por nos “aturares” e nos fazeres crescer na fé.

Nós somos adolescentes, adolescentes que estão num processo de “aprendizagem da vida”. Daqui a uns anos vamos todos ser adultos e cada pessoa à nossa volta espera algo diferente de nós.

Nós não conseguiremos satisfazer toda a gente, não somos super-heróis para isso, mas temos o mundo, o futuro nas nossas mãos. E é assustador pensar que vamos ser os médicos, os engenheiros, os advogados de amanhã, mas também sabemos que vamos ter sempre um amigo connosco que estará sempre do nosso lado para nos ajudar: Jesus.

Em conjunto com todos os outros catequistas, mostraste-nos como Jesus é nosso aliado, alguém em quem podemos confiar. Ele está cá para nós a qualquer momento e, a única coisa que Ele deseja é o nosso bem, a nossa felicidade e que alcancemos os nossos sonhos. E por nos ajudares a abrir esta porta para a Igreja de Deus, estamos-te muito gratos.”

Deixo-vos esta mensagem, escrita com os seus sonhos, projectos e inquietações. Não é perdido, o tempo em que os acompanhamos no descobrir da sua fé e da resposta às suas dúvidas e inquietações. É importante preparamos devidamente os momentos fortes da nossa vida, quer socialmente quer na nossa caminhada de fé, como é certamente para alguns o Crisma, não como o fim da linha mas como um reforço para o caminho. Não deixemos de o fazer bem e no tempo certo, ainda que nos dê trabalho, e que alguns pais, catequistas e até padres possam preferir seguir pelo caminho mais fácil e mais rápido.

Despachar sacramentos e catequese como se trata-se de acabar um “curso” que depois de terminado fica muitas vezes esquecido, não pode ser opção. Nem sempre vemos logo o resultado do que semeamos (e como gostamos de resultados imediatos), mas com o tempo, a semente amadurece e germina.

A nossa missão de catequistas e animadores não é dar-lhes respostas “certas”, mas ajudá-los a decidir e a pensar, a descobrir o seu caminho com Jesus. 

É também com todos eles que aprendo e cresço na fé. 

Obrigado Mariana, Maria, Tomás Oliveira, Rute, Sofia, Inês, André, Daniela, Francisco, Patrícia, Tomás Sá, Clara e Lara e Susana.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…


Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.