Caxarias

D. António Marto referiu também que nos dias de hoje não podemos ser cristãos por mera tradição social e cultural, nem podemos continuar a celebrar este sacramento porque nos dá um reconhecimento social na comunidade e na família.