Renúncia Quaresmal para o Gungo – II

Na semana passado, falávamos da renúncia quaresmal a favor da missão do Gungo. Desta vez gostaríamos de concretizar um pouco mais sobre o que temos em vista para usar essa ajuda da melhor forma.

Uma das prioridades é construir algumas salas que possam servir para dar formação na sede da missão.

Atualmente só temos um espaço coberto que serve de capela, dormitório, armazém de materiais de construção e produtos agrícolas, oficina, sala de formação, refeitório… quando temos mais que um grupo em formação os outros têm que ir para a sombra da grande mulembeira, mas nem sempre dá jeito.

As salas que pretendemos construir servirão para dar formação aos grupos e para as pessoas pernoitarem, ainda que não seja nas melhore condições. Mas certamente será melhor que agora em que as pessoas pernoitam aglomeradas no salão e as que não cabem lá ficam nas varandas da casa da equipa missionária, ao relento, debaixo de lonas, debaixo do camião ou na caixa da carroçaria, etc. No tempo do cacimbo dói ver o frio que as pessoas passam e quando chove é vê-las a fugir com as trouxas atrás e ajudá-las encontrar um lugar mais seguro.

Outra prioridade é colocação de um sistema de rega na lavra.

Um dos nossos objetivos é caminhar para a autossustentabilidade da missão. A pouco e pouco temos vindo a alargar a área cultivada (temos um terreno com cerca de 130 hectares); os meios ainda são muito primitivos (agricultura manual e com bois), mas o pior é quando não chove; é todo um trabalho e investimento em semente que se perde. Acreditamos que com um sistema de rega estaremos mais seguros. A nosso favor temos um ribeiro que corre junto ao terreno da missão.

Sendo possível também precisamos de construir um celeiro onde possamos armazenar as produções agrícolas em melhores condições para que não se degradem tão rapidamente.

Portanto, a ajuda que viermos a receber será canalizada mais para o desenvolvimento e melhoria de condições de vida em ordem a um crescimento sustentável que permita à comunidade fazer frente às suas necessidades com o próprio trabalho e recursos. Também isto é missão porque a parte pastoral também depende muito da sustentabilidade da comunidade.

Mais uma vez, um grande bem-haja a todos os que nos ajudam.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.