Prepara-se a dinamização da Festa das Famílias

Está cada vez mais próxima a Festa das Famílias. No dia 17 de maio, no Parque da Cerca, na Marinha Grande, são esperadas mais de 3.000 pessoas, a celebrar em conjunto o tema que animou a pastoral diocesana nos últimos dois anos.

Para que tudo esteja a postos, há quem esteja a trabalhar há bastante tempo. Além dos serviços diocesanos da catequese e da pastoral familiar, grande parte desse trabalho está a ser desenvolvido por cada uma das nove vigararias. O jornal PRESENTE foi “espreitar” alguns pormenores.

As “portas” vão abrir às 09h00, iniciando-se os jogos para os adolescentes, enquanto as famílias poderão fazer passeios a pé e de bicicleta, ver um filme, visitar o Museu do Vidro, etc. Ao almoço todos se juntam e, de tarde, invertem-se as posições: os adultos fazem os jogos no parque, enquanto os mais novos se deslocam para uma dinâmica na cidade. Todos voltam a juntar-se para a Missa, presidida pelo Bispo diocesano, às 16h30, terminando com a partilha de um bolo gigante.

O grupo mais numeroso será o dos participantes no ENDIAD – Encontro Diocesano de Adolescentes, promovido pelo Serviço Diocesano de Catequese, estando cerca de 1300 inscritos em 150 equipas, com duas dezenas de catequistas e acompanhantes adultos. No passado dia 2 de maio, muitos dos animadores estiveram numa reunião de preparação, no Seminário Diocesano, para perceberem como será o programa e o seu papel na condução dos grupos (na foto).

Não é possível ainda uma perceção muito exata dos participantes que irão de cada paróquia. Numas mais do que noutras, fez-se ampla divulgação, com o convite, sobretudo, às famílias, aos catequizandos e aos casais que celebram os jubileus matrimoniais. Uns falam em boas expectativas, noutros lamenta-se a distância ou o “afastamento emocional” em relação à Diocese, ou ainda a pouca motivação para iniciativas comunitárias. Há também quem aponte a altura do ano em que acontece, com muitas outras festas e atividades a decorrer, bem como, no caso dos mais novos, os testes e exames que exigem mais horas de estudo.

A conclusão geral é que “há quem esteja entusiasmado” e será, com certeza, uma grande festa. Os vigários ou outros responsáveis pela organização falaram-nos de como tem sido esse trabalho e o que poderemos esperar em cada um dos espaços.

 

Batalha

Na Batalha, constituiu-se um grupo de pessoas de quatro das paróquias da vigararia, que têm delineado e executado o trabalho da respetiva tenda. Cerca de 30 pessoas estarão envolvidas no jogo, onde o tema é a transmissão da fé na família e nas festas da catequese. Os participantes irão ter de desvendar algumas dessas festas e conversar sobre a importância que têm na vivência e formação cristã de crianças e adolescentes, durante o percurso catequético.

 

Colmeias

Na vigararia das Colmeias, optou-se por nomear um representante de cada paróquia e juntar, depois, quatro pessoas de cada uma. Todas as paróquias participam e está orientado o jogo sobre a família como projeto comum de vida. A partir de um texto bíblico, terão de se encontrar peças para a construção de um puzzle a tridimensional. Depois, faz-se o aprofundamento temático.

 

Fátima

O Secretariado Vicarial da Catequese assumiu a preparação e distribuição de tarefas, envolvendo cerca de 40 catequistas e pais. O tema da família como escola da vida e santuário do amor será desenvolvido num percurso com quatro “estações de serviço”, onde será proposto um jogo de imagens sobre diversas aproximações ao tema. Curiosidade, foi terem arranjado dois autocarros para levarem toda a gente, crianças e adultos. A metodologia de trabalho de grupo, normalmente pouco explorada, é um dos aspetos que sublinham desta experiência.

 

Leiria

Em Leiria, entregou-se este trabalho aos seis agrupamentos de escuteiros da vigararia. Baseando-se na Carta das Famílias, o jogo contará com uma balança onde se vão pesar os valores e os direitos da família, para ver como se poderá equilibrar a vida familiar.

 

Marinha Grande

Na vigararia da Marinha Grande, anfitriã do evento, o trabalho é reforçado. Cerca de 20 pessoas de cada paróquia estão envolvidas mais diretamente, mas são algumas dezenas mais a controlar a logistica de mesas e cadeiras, de segurança e decoração, ou de animação da celebração litúrgica, para a qual se juntaram os coros das três paróquias. Na sua barraca estará um jogo sobre as relações intergeracionais, à volta de uma refeição em família em que cada um procurará encontrar o seu lugar para uma boa foto de família.

 

Milagres

A equipa vicarial de pastoral, que preparou encontro com Bispo diocesano, voltou a trabalhar a síntese ali apresentada para construir o seu jogo. Cindo pessoas de cada paróquia irão conduzir os participantes por um percurso onde optam por um de três ambientes; escola, família ou internet. Aí voltarão a escolher um valor inerente ao tema e, no final, explicar ao grupo o porquê da sua opção e do valor escolhido. A diversidade daí resultante será registada em fotografia para o facebook.

 

Monte Real

Após duas reuniões com catequistas das várias paróquias, 40 pessoas começaram a trabalhar a prevenção e terapia das fragilidades da família. Na barraca haverá dois vasos comunicantes e um tubo com areia (essência da família) a transportar entre eles. O tubo está furado e é preciso encontrar “terapias” para tapar os buracos e levar a um final feliz.

 

Ourém

Mais três dezenas de pessoas estão a preparar o jogo da tenda da vigararia de Ourém, onde o tema é a família como escola de afetos para a vida. Será na “casa dos avós” que tudo vai acontecer, com bonecos a encher o espaço e precisar de muito carinho. Como manifestá-lo e que gestos usar, será o grande desafio.

 

Porto de Mós

Em Porto de Mós, foi também a equipa que preparou o encontro vicarial a desenvolver este trabalho. Há problemas de disponibilidade, pelo que se contratou uma empresa fazer e colocar os materiais no sítio. A dinamizar o jogo estarão cerca de 30 pessoas das várias paróquia. Numa lona serão colocadas frases sobre a família e sobre o trabalho, para se encontrar o equilíbrio possível entre ambos. No final, uma foto documentará tudo nas redes sociais.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.