Pastoral das prisões faz do tempo de Páscoa… tempo de perdão

No dia 9 de Abril, sábado da Misericórdia, fomos celebrar a Páscoa com os reclusos do Estabelecimento Prisional de Leiria. Estávamos todos ansiosos e receosos ao mesmo tempo. Organizamo-nos em grupos e o dinamizador distribuiu tarefas para que todos participássemos na dinâmica.

Começámos por fixar na parede do refeitório do Pavilhão a Cruz Redentora e o Cântico “Deixa Deus entrar”.

Os rapazes começaram a entrar e colocaram-se em círculo à nossa volta. Sentimos paz e Cristo no meio de nós. Explicámos o que aí iriamos celebrar com eles – a Páscoa do Senhor. Após um breve “quebra-gelo” e uma apresentação rápida, cada um pôde expressar uma palavra, uma frase, um sentimento, um gesto sobre a Páscoa. Eles estavam sedentos de amor e no decorrer da leitura bíblica (Ecl 3, 1-8.11) sentia-se e via-se como absorviam e interiorizavam as palavras. Acho que lhes tocou nas profundezas do coração.

De seguida, fizemos uma dinâmica sobre o perdão e a misericórdia de Deus. Havia três potes com diferentes substâncias e tonalidades: um representava o “eu”, o outro o “pecado” e o terceiro “Deus”. Com a adição, concluímos que o pecado, seja ele leve (venial) ou mais grave (mesmo mortal), transforma as nossas vidas. Só a Deus o pecado não altera, pois Ele é amor infinito. Apesar de tudo, Deus está sempre pronto a perdoar-nos e com o seu perdão tudo fica sanado, curado e vem a confiança, a Vida Nova.

Falámos do sacramento da Reconciliação e que este deve fazer-se com o sacerdote, pois só assim assume a dimensão vertical (reconciliação com Deus) e a dimensão horizontal (com os irmãos).

No final, foi distribuída aos rapazes uma cruz com o compromisso de a aceitarem com esperança e coragem, assinalando-a cada um com a sua impressão digital. Foram também distribuídas as amêndoas e um postal com a leitura bíblica que tinham escutado.

À tarde, fizemos a mesma dinâmica no Estabelecimento Prisional Regional de Leiria e oferecemos as mesmas pequenas lembranças.

Foram momentos muito ricos e que nos encheram de muita paz e compreensão com o mundo. Recebemos muito mais do que demos e foi muito gratificante esta partilha e a celebração da Páscoa do Senhor com estes jovens. Mas tal só foi possível graças à colaboração de várias pessoas, desde voluntários, guardas prisionais, pessoal administrativo, entre outros, a quem a Associação de Visitadores dos Estabelecimentos Prisionais de Leiria muito agradece a disponibilidade e a generosidade.

2016-04-19 prisoes1

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.