Foi com palavra serenas, precisas e sentidas que a Fernanda  se dirigiu às pessoas presentes na igreja no dia do funeral da Maria Lopes das Neves, na segunda-feira. Recordou-a como artífice disponível, cooperante e discreta nos imensos afazeres que e trabalhos que ergueram os mais recentes edifícios em redor da igreja matriz.

Posteriormente a Diana Neves, em nome da família, dirigiu-se à tia lendo, em nome de todos, o texto que transcrevemos:

“A nossa Mariazita, um ser extraordinariamente  puro, alegre, com um coração do tamanho do mundo. A nossa filha, irmã, cunhada, tia, madrinha, a nossa…e a de todos. De todos os que precisavam e de todos os que tinham um sorriso e um “bom dia”. Hoje ficámos a saber que a saudade tem nome, tem rosto, tem cheiro e dói, dói tanto . Mas, também hoje sabemos que estás em paz e ganhámos uma nova Estrelinha. A ti, Mariazita da nossa vida, prometemos que vais estar sempre no nosso coração, na nossa mesa, na nossa conversa, vamos falar de ti e contigo como sempre fizemos. Vamos lembrar todos os momentos que te fizeram felizes, os olhos, esses, vão sempre chorar, mas “a morte não é nada, tu apenas estás aí, apenas do outro lado do Caminho”. Hoje os Pousos,  perdeu alguém que tanto amou esta terra, que tão bem conhecia estas ruas e estas pessoas, mas também hoje os Pousos ganhou um nova estrela. Em teu nome tia, e de toda a família, agradeço a cada um de vocês e a toda a comunidade dos Pousos em especial ao Centro de Dia e a todos os movimentos da desta Igreja por te terem dado tantos momentos felizes, aqueles que às vezes em casa não te conseguimos dar. Olha por nós que nós rezaremos por ti e “Guarda um cantinho na tua Nuvem para um dia nós lá morarmos e brincarmos contigo”. Com todo o Amor do mundo dos teus pais, irmão, cunhada e sobrinhas”.