Padre Rui Ruivo nomeado para os órgãos da Fundação Francisco e Jacinta Marto

D. António Marto nomeou o Padre Rui Ruivo, vigário paroquial da Marinha Grande e administrador da Gráfica de Leiria, como conselheiro da Fundação Francisco e Jacinta Marto.

Em decreto datado de 4 de março, D. António Marto nomeou o Padre Rui Ruivo, vigário paroquial da Marinha Grande e administrador da Gráfica de Leiria, como conselheiro da Fundação Francisco e Jacinta Marto, em substituição do padre Vítor Coutinho, que deixou o cargo a seu pedido. A Diretora da instituição é a Irmã Ângela Coelho, da Aliança de Santa Maria, e o outro conselheiro é o Padre Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima.

A referida Fundação foi criada em 2013 pelo Bispo de Leiria-Fátima e tem estatutos aprovados e publicados no órgão oficial da Diocese “Leiria-Fátima”, nº 53, relativo ao ano de 2013, e no sítio da mesma Igreja local. Segundo o decreto da ereção canónica, esta instituição dá continuidade e substitui a antiga associação «Amigos de Fátima» e o «Secretariado dos Pastorinhos», que funcionavam na dependência da Postulação de Francisco e Jacinta Marto. Os estatutos definem como seus fins: contribuir para o conhecimento dos Pastorinhos, divulgar a sua espiritualidade, promover a devoção em relação a eles, difundir a Mensagem de Fátima e “apoiar a Diocese de Leiria-Fátima nas ações que se destinem a divulgar e viver a Mensagem de Fátima”. No cumprimento destes fins, a Fundação tem aberto ao público, na sua sede em Fátima, desde 2014, o espaço museológico e de espiritualidade “Casa das Candeias”. 

Ficheiro
http://l-f.pt/VQk

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress