Padre Rui Ribeiro inicia serviço pastoral aos reclusos

No dia 8 de outubro, o padre Rui Acácio Amado Ribeiro foi apresentado como capelão dos 2 estabelecimentos prisionais de Leiria: a cadeia regional e a chamada prisão-escola.

Presentes estiveram os diretores, chefes dos guardas e outros funcionários daquele estabelecimento, o vigário geral da diocese de Leiria-Fátima e os responsáveis da associação “Os samaritanos”

No compromisso que assumiu, o novo capelão declarou desempenhar esta missão “movido pela fé em Cristo, caridade pastoral e desejo de promover o bem espiritual das pessoas” a quem vai servir. Disse contar com a colaboração dos voluntários da associação “Os samaritanos”, pessoas que têm já um notável serviço aos reclusos para a sua recuperação e reintegração na sociedade. Por iniciativa deles, como já foi noticiado no PRESENTE, está quase renovado um espaço destinado a capela e a formação espiritual e humana aos reclusos.

Num e noutro estabelecimento, os respetivos diretores manifestaram a sua convicção da importância da espiritualidade e da vivência religiosa para os reclusos e a disponibilidade para facilitarem ao capelão a sua missão bem como a dos colaboradores. Os dois estabelecimentos prisionais de Leiria têm em conjunto cerca da 400 homens reclusos. 

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress