Os jovens e a fé são tema de formação para o clero

Apostar na qualidade da relação, desenvolver o sentido crítico e o valor da razão, reconduzir ao núcleo essencial da mensagem cristã e promover a criação de redes de relações que sustentem a fé são as quatro chaves da formação permanente do clero de Leiria-Fátima para este ano.

A atividade formativa decorre em Barcelos, com o primeiro turno na passada semana e o segundo na presente. Acompanhados pelo bispo, D. António Marto, os padres trabalharam o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, que será debatido no Sínodo dos Bispos, em Roma, no próximo mês de outubro, e temática diocesana no biénio de 2018 a 2020.

Segundo o padre salesiano Rui Alberto Almeida, que orienta a formação, a pastoral juvenil consiste em ajudar os jovens a porem-se as perguntas certas para se porem a caminho e saber dizer-lhes a proposta cristã na linguagem que eles entendem.

A este propósito, no primeiro turno, o Bispo diocesano, D. António Marto, defendeu que, como a abelha sabe colher o mel das flores e deixar o resto, assim é preciso saber tirar do mundo e da cultura de hoje o que serve à busca da verdade. Exortou, então, a olhar os jovens com estima e respeito, a escutar as suas perguntas e a fazer-lhes propostas exequíveis, a descobrir e valorizar a fé que já têm, sem esperar que seja perfeita, a encontrar tempo e espaço para eles, a promover o atendimento e o acompanhamento personalizado numa relação de qualidade, a iniciá-los na missão como testemunhas de fé e na prática do serviço aos outros. 

O curso incluiu também apresentações sobre os centros universitários dos Jesuítas e a pastoral universitária da Diocese do Porto. Sobre os primeiros, o padre Carlos Carneiro referiu que “a proximidade e a disponibilidade” de uma equipa de sacerdotes, em colaboração com outras pessoas, são os dois elementos-chave do êxito. Sobre a segunda, o padre José Pedro Azevedo disse que a “pastoral do ensino superior contribui para formar cristãos que depois vão para outros âmbitos da vida da Igreja e da sociedade” e que o maior desafio é “formar líderes católicos” e “discípulos missionários”. Esta ação “vive-se e realiza-se em comunidade”, integra as iniciativas dos diferentes movimentos e organismos eclesiais, sendo “subsidiária da vida paroquial e dos dinamismos diocesanos”.

O diácono Eduardo Caseiro, responsável do Centro de Apoio ao Ensino Superior (CAES) da Diocese de Leiria-Fátima, falando das oportunidades e desafios da pastoral universitária, destacou a importância de oferecer aos alunos, professores e funcionários meios para o despertar e aprofundar a fé e sua vivência no meio académico. Referiu ainda a necessidade de acolhimento e integração, que pode tornar os jovens sensíveis a experiências comunitárias. Decisivo, no seu entender, é promover a “cultura do encontro”, estar e criar relações no meio académico.

Nestas semanas de estudo, reflete-se ainda sobre as perspetivas para o próximo biénio, a necessidade de reorganização pastoral, de rever a distribuição dos padres e de cuidar da comunicação na Diocese. Os participantes têm, ainda, tempo e oportunidade de fazerem oração juntos, incluindo a leitura orante da Palavra de Deus com um tema do próximo retiro popular, celebrar diariamente a Eucaristia, confraternizar e visitar alguns pontos turísticos e culturais da região de Vila do Conde, incluindo o santuário da beata Alexandrina, em Balasar.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.