Nada!

Algures na web li uma expressão interessante que, embora o contexto fosse bastante diferente daquele que nos traz aqui, me levou a uma reflexão que quero partilhar convosco.

Esse aforismo era qualquer coisa como: nadar em vez de esbracejar.

E trouxe à lembrança os esforços que a Igreja e os seus atores vão fazendo em diversas áreas da sua atividade, sobretudo nos campos pastorais mais inquietantes. Recordo uma conversa ocorrida na passada sexta-feira num evento promovido por um serviço diocesano a que tinham acorrido umas parcas duas dezenas de pessoas, pouco mais. Nela havia algum desânimo, porque as expetativas imaginavam a afluência em maior número. Tanto trabalho, tanto empenho, tanta gente envolvida, e, depois… Em boa verdade, é sempre uma pena que mais gente não aproveite as boas iniciativas que nascem no interior da Igreja.

Quando nos lançamos num projeto é como quando nos lançamos à água: é natural que queiramos chegar ao outro lado da piscina com sucesso. E, na ânsia de querermos que outros nadem connosco, que sintam como nós sentimos o prazer da aventura que decidimos viver, esbracejamos para chamar a atenção, para mostrar a quem possa ver, que estamos ali, venham acompanhar-nos. E, nesse escabujar, não nos apercebemos que vamos perdendo forças, energias que seriam tão úteis a desfrutar da água e a chegar ainda mais longe. Bem vistas as coisas, apenas nos arriscamos a que alguém mergulhe e force a nossa retirada por imaginar que estamos em dificuldades para nos mantermos à superfície.

A serenidade que deveria ser um dos distintivos do cristão, é tantas vezes substituída pela resignação. Queremos resultados imediatos e, não os vendo, abandonamos a água. E, se abandonamos a água, mais ninguém quererá entrar nela por não a achar convidativa.

Portanto, nademos! Mais tarde ou mais cedo, alguém vai aperceber-se:

— Que bem se deve estar ali… Vou mergulhar também.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.