Monte Redondo e Coimbrão continuam o caminho da JMJ

É impressionante como a experiência do acolhimento marcou tão profundamente a maior parte das famílias...
http://lefa.pt/?p=58049

Tudo começou com um simples convite do papa Francisco aos jovens de todo o mundo para se encontrarem em Lisboa na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 2023, com o mote de caminharmos juntos com a Virgem de Nazaré, que, imediatamente depois da Anunciação, «se levantou e partiu apressadamente” (Lc 1, 39) para ir ajudar a sua prima Isabel. O verbo «levantar-se» significa também «ressuscitar», «despertar para a vida», e como esta Jornada nos marcou e nos despertou para a vida!
O encontro de 166 jovens venezuelanos com a população das paróquias do Coimbrão e Monte Redondo foi, de facto, maravilhoso para todos! E aqui está a raiz dos passos que estamos agora a trilhar na descoberta do que nos reserva no futuro.

Esta experiência cristã da JMJ e das pré-jornadas (Dias nas Dioceses) só foi possível com a envolvência de muita, muita gente… mas, de facto, os frutos são tremendamente saborosos! É impressionante como a experiência do acolhimento marcou tão profundamente a maior parte das famílias e as saudades dos nossos “filhos” e “filhas” venezuelanos são agora muitas! E já passados tantos dias continuam a chegar ecos da Venezuela de como foi marcante e transformadora esta maravilhosa vivência dos dias passados nas famílias das nossas comunidades.

Desde do dia da partida desta delegação que começamos a trabalhar no sentido de colher o máximo de frutos desta experiência. No dia 26 de novembro de 2023, voltámos a reunir as famílias de acolhimento e os jovens das paróquias participantes na JMJ para agradecer, celebrar e partilhar!

Nas paróquias de Monte Redondo e Coimbrão está a circular um pequeno retábulo com a imagem de Nossa Senhora de Coromoto, padroeira da Venezuela, que nos foi oferecido e que está a visitar as casas das nossas famílias de acolhimento. Os jovens Venezuelanos, ao partirem de Portugal, também foram acompanhados com duas imagens de Nossa Senhora de Fátima, uma oferecida pelo Santuário e outra pelas paróquias. Uma dessas imagens está neste momento em peregrinação pelas dioceses e paróquias da Venezuela que se encontravam representadas pelos jovens peregrinos em Monte Redondo e Coimbrão.

No início de fevereiro, recebemos a visita de D. José Romero, um dos bispos que acompanhou o grupo que recebemos. D. José Romero é neste momento bispo da diocese de El Tigre e Presidente da Comissão Episcopal Venezuelana da Adolescência e Juventude. Foram desenvolvidos contactos com o nosso bispo, D. José Ornelas, e o reitor do Santuário de Fátima, Pe. Carlos Cabecinhas, no sentido de aprofundar o envolvimento diocesano com a promoção de algumas ações futuras.

No contexto deste intercâmbio cultural e religioso que vamos construindo, promovemos no passado mês de maio uma tertúlia sobre a Virgem de Coromoto, com o objetivo de conhecer melhor toda a envolvência das aparições, o seu significado, e estudos recentes. Tivemos a honra de poder contar com a presença de María García de Fleury, conceituada especialista na matéria e presidente do Apostolado Mundial de la Virgen de Coromoto.

WhatsApp Image 2024-06-07 at 19.26.17
Retábulo com a imagem de Nossa Senhora de Coromoto, padroeira da Venezuela, oferecida às paróquias de Monte Redondo e Coimbrão, que está a percorrer as casas das famílias de acolhimento.

E agora chegou mais um momento em que temos de nos levantar de novo.! Agora rumo à Venezuela! Estamos a desenvolver um projeto apoiado em 4 dimensões principais que terá o seu ponto alto na visita de 12 peregrinos portugueses à Venezuela no próximo verão (final de agosto e início de setembro).
A Peregrinação é a primeira grande dimensão desta visita. Vamos acompanhar uma das imagens peregrinas do Santuário de Fátima e estão previstas visitas a vários santuários marianos, culminando em Guanare, no Santuário de Nossa Senhora de Coromoto.

A segunda dimensão será a de Celebração dos frutos da JMJ. É nossa intenção continuar a mostrar ao mundo o testemunho de uma fé viva e transformadora, levar esta peregrinação conjunta ao máximo de comunidades venezuelanas, principalmente às mais periféricas, nomeadamente as indígenas, e aprofundar o intercâmbio cultural.

Existe também uma enorme vontade das nossas paróquias em colaborar caritativamente. Esta dimensão levou-nos a procurar oportunidades de colaboração, com o apoio logístico da embaixada da Venezuela em Portugal e da fundação local Jovens Opção pelos Pobres (JOP), que se constituiu a partir da participação destes jovens na JMJ, estamos a promover uma campanha de angariação de medicamentos mais direcionados para crianças e idosos, que em algumas regiões são quase inacessíveis.

Pretendemos dar passos para a construção de uma futura geminação entre algumas comunidades venezuelanas e a nossa, para que o contacto seja mais frequente e possam surgir oportunidades de intercâmbio ou trabalho pastoral conjunto.

Assim nasceu este projeto a que chamámos “Projeto de Intercâmbio Internacional Interdiocesano: Por uma fé viva além fronteiras”

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress