Leiria esteve alerta no “Castel’à Escuta”

Leiria fardou-se a rigor para receber os cerca de 1300 escuteiros da região que participaram, nos dias 6 e 7 de junho, no “Castel’à Escuta”, uma atividade que comemorou os 90 anos do escutismo na região.

Os escuteiros colocaram, simbolicamente, lenços escutistas em todas as estátuas de Leiria e no próprio castelo, que, na noite de sábado, serviu de palco para a festa. No domingo, uma mesa de 200 metros congregou ao almoço os escuteiros da região, que participaram, durante a tarde, nas celebrações do Corpo de Deus.

A iniciativa juntou à mesma mesa escuteiros e familiares em ambiente de celebração e confraternização. Para que tal fosse possível, foi construída, na manhã de domingo, junto às margens do rio Lis, uma mesa de 200 metros, onde almoçaram mais de 1500 pessoas.
A entrada foi servida na manhã de sábado, na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS), com o fórum sobre educação não formal, que contou com a participação da ex-ministra da Educação, Isabel Alçada, e do secretário internacional do Corpo Nacional de Escutas, Joaquim Freitas, que explicou o sucesso do escutismo como educação não formal através de uma manutenção da estratégia, adaptada às novas gerações, que permite a aquisição de competências.

O banquete prosseguiu durante a tarde com uma ementa recheada de jogos destinados a escuteiros e à comunidade em geral, espalhadas pela cidade e animadas por uma fanfarra escutista. Ao final do dia, os festejos subiram até ao castelo onde, depois de um repasto, se realizou a “noite de Óscares”, onde foram projetados vídeos alusivos ao escutismo e à sua história na região.

Da pernoita no estádio municipal, onde recuperaram forças, a atividade continuou no domingo. Logo pela manhã, os escuteiros seguiram para as margens do rio Lis, no Marachão, onde construíram a mesa com 200 metros de extensão.

A terminar a longa festa, os escuteiros juntaram-se a uma outra mesa, a da Eucaristia, que juntou a Diocese no parque da cidade, para a celebração do Corpo de Deus. Na homilia, D. António Marto elogiou “a criatividade e o grande crescimento espiritual” do movimento na região e manifestou “alegria e orgulho” por ter um movimento de “excelência humana e cristã” enraizado na diocese e em “quase todas as paróquias”.

Esta foi a segunda edição do “Castel’à Escuta”. A primeira foi há dois anos e integrou-se nas comemorações de São Nuno como patrono do Corpo Nacional de Escutas (CNE).

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.