Legião de Maria celebrou jubileu do centenário das Aparições

No contexto do Centenário das Aparições, o Movimento da Legião de Maria da Diocese de Leiria-Fátima fez a sua Peregrinação Jubilar ao Santuário de Fátima, no passado dia 9 de setembro.

Tendo como objectivos “expressar o nosso amor pela Mãe de carinho e ternura e agradecer os 96 anos da fundação do Movimento que nasceu na vigília da festa de Nossa Senhora da Natividade”, os participantes festejaram duplamente estes acontecimentos e “receberam as graças deste Jubileu”, refere Bina Simões, responsável diocesana.

A peregrinação teve início com a Eucaristia, na Capela do Calvário Húngaro, com algum atraso em relação ao horário previsto, devido ao trânsito intenso registado nesse dia, “o que, infelizmente, inviabilizou um testemunho que estava programado para a Angelus TV, canal que apoiou a divulgação do evento”. Na celebração, a antífona de entrada convidava à exaltação de alegria “ao celebrar o nascimento da Virgem Santa Maria, da qual nasceu o Sol da Justiça, Cristo nosso Deus” e serviu de inspiração ao padre Joaquim Jesus João, assistente espiritual do Movimento, para enaltecer a maternidade divina de Maria, enquadrando a sua mensagem aos Pastorinhos há cem anos.

Após a Eucaristia, o grupo visitou a Loca do Cabeço, local onde a Mensagem de Fátima nasceu na primavera de 1916, com a primeira aparição do Anjo da Paz, que ensinou a orar e adorar a Santíssima Trindade. Junto à ermida de Nossa Senhora de Fátima, onde “a Senhora muito triste” apareceu a 19 de agosto de 1917, foi rezado o Terço do Rosário, com as meditações e súplicas próprias da sua Mensagem: “Quero que continueis a ir à Cova da Iria no dia 13, que continueis a rezar o Terço todos os dias”.

Após o almoço partilhado, os participantes seguiram para a Cova da Iria, cumprindo a caminhada jubilar proposta pelo Santuário, entrando no pórtico do Recinto, onde fizeram a oração do Credo ou Símbolo dos Apóstolos, e rezaram o Terço na Capelinha das Aparições. “Foi complicado fazer a visita ao Túmulo dos Pastorinhos, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, com alguma confusão devida à falta de orientação e sinalização para o circuito dos peregrinos”, refere a mesma fonte. E acrescenta que “o mesmo aconteceu na Capela do Santíssimo Sacramento, porque com uma só porta aberta para entrar e sair, não é possível haver fluidez de passagem, nem o silêncio desejado”.

A organização acredita que “de certo, pela misericórdia de Deus e de sua Mãe, os membros da Legião de Maria não deixaram de usufruir das indulgências próprias do Jubileu”, mas lamentam que “se tenha perdido alguma da espiritualidade própria da serenidade e tranquilidade deste local”.

Nova oportunidade surgirá, nos dias 28 e 29 de outubro, por ocasião da Peregrinação Nacional do Movimento, “para a qual se convidam todos os diocesanos interessados em participar”.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.