Lectio divina para a Solenidade da Santíssima Trindade, Ano C (Podcast)

Descarregue o podcast da Lectio Divina no seu telemóvel e faça a sua reflexão em qualquer lugar e a qualquer hora...

Texto: Rui Ruivo, P.
Vozes: Carla Pereira, Bernardo Ferreira e Maria Gonçalves
Pós-Produção: José Simões, Rádio Canção Nova

Deus, amor de comunhão

Lectio Divina para a Solenidade Santíssima Trindade, ano C, 12.06.2022

Introdução

Celebramos hoje a Solenidade da Santíssima Trindade. É Dia para nos fazer rezar e entrar mais dentro do mistério central da nossa fé: o Deus Amor uno e indivisível em três pessoas divinas. É pelo amor recíproco entre nós, cristãos, pela comunhão com Jesus na Eucaristia e pela docilidade ao Espirito Santo que podemos desde já viver segundo o amor da Santíssima Trindade.

Palavra de Deus (Jo 16, 12-15)

Vamos escutar uma passagem do Evangelho segundo São João 

Naquele tempo,
Disse Jesus aos seus discípulos:
“Tenho ainda muitas coisas para vos dizer,
Mas não as podeis compreender agora.
Quando vier o Espírito da verdade,
Ele vos guiará para a verdade plena;
Porque não falará de Si mesmo,
Mas dirá tudo o que tiver ouvido
E vos anunciará o que está para vir.
Ele Me glorificará,
Porque receberá do que é meu e vo-lo anunciará.
Tudo o que o Pai tem é meu.
Por isso vos disse que Ele receberá do que é meu
E vo-lo anunciará”.

Meditação

Este excerto do Evangelho segundo São João, conhecido como a quinta promessa que Jesus faz do envio do Espírito Santo, é proferido no contexto da última Ceia, antecedendo a hora da cruz. 

Tudo o que possamos dizer acerca do mistério da Santíssima Trindade será sempre pouco, sempre redutor porque a nossa capacidade humana não consegue abarcar e compreender ainda o que de mais divino há. O próprio Jesus nos traz à realidade da nossa humanidade e limitada: “Tenho ainda muitas coisas para vos dizer, mas não as podeis compreender agora”. Diante do mistério da Trindade Santa contemplemos, porque a contemplação é caminho para a compreensão. 

A Igreja ao propor a celebração solene da Santíssima Trindade não pretende decifrar o mistério de um Deus uno e trino, mas sim, colocar-nos diante do mistério e contemplar a realidade de Deus que é amor de comunhão e, por isso, comunidade. O amor e a comunhão trinitárias são a fonte e o modelo para as relações entre os cristãos e para as suas comunidades. A Eucaristia é como que a porta de acesso para saborear o gozo da Trindade e para alimentar a sua vida em nós, na família e na comunidade.

Celebro a Eucaristia e, diante do mistério do Corpo e Sangue de Jesus, reconheço e agradeço a vontade da Santíssima Trindade em se fazer presente e próxima de mim e me levar ao encontro dos outros para os amar e me doar a eles? 

Rezo a Deus Pai para que me configure sempre como seu filho criado por amor, me ajude a criar fraternidade com os outros e me faça seu colaborador na criação sempre em constante renovação?

Rezo a Deus Filho para que me salve sempre no seu amor, me dê força para amar ao jeito dele e para que nos momentos de cruz da minha vida me foque o olhar na ressurreição?

Rezo a Deus Espírito Santo para que habite em mim e com a sua força me mova a viver santamente numa vida dedicada a Deus e aos irmãos? 

Oração

“Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, 
adoro-Vos profundamente
e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo,
Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo,
presente em todos os sacrários da terra,
em reparação dos ultrajes,
sacrilégios e indiferenças
com que Ele mesmo é ofendido.
E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração
e do Coração Imaculado de Maria,
peço-Vos a conversão dos pobres pecadores”.

Ámen.

OUVIR
https://anchor.fm/leiria-fatima
DESCARREGAR
http://l-f.pt/podlec

Esquemas alternativos em texto: https://lectio.leiria-fatima.pt

plugins premium WordPress