EVJ de Ourém debate namoro, sexualidade e Matrimónio

Apresentamos as principais conclusões da iniciativa “Curtir!? 2+1=1 é melhor!”, realizada no passado dia 8 de Fevereiro, no centro pastoral do Olival, com cerca de 60 jovens a partir do 10.º ano de catequese e de alguns grupos de jovens da vigararia de Ourém e da paróquia da Vieira de Leiria.

 

Conhecer-se e conhecer o outro

Quando olhamos para alguém sem o(a) conhecer, o que para nós é mais importante nele(a) é o aspeto, a roupa, o sorriso, a simpatia, a linguagem corporal; depois, vamos conhecendo o comportamento, a personalidade e outros com quem se relaciona (grupo de amigos), se é alegre e divertido(a).

As qualidades que mais apreciamos na pessoa dum verdadeiro amigo são: a confiança que nele depositamos e nos transmite; está sempre do nosso lado nos bons e maus momentos; a disponibilidade, a sinceridade e a honestidade quando estamos errados, o saber escutar, a segurança e apoio, o sentido de humor, a compreensão e companheirismo, o ser alegre e acolhedor.

O que gostamos naquela(e) que nos enfeitiça é: o facto de nos respeitar, de nos dar carinho e estar sempre connosco; querer partilhar a nossa vida e os nossos objetivos; o estar em sintonia; a paixão e amizade, o aspeto físico; ser amigo e meigo, atencioso e bom humorado, corajoso, sincero e sensato; a união, o olhar, a maneira como fala e como se comporta.

 

Namoro

Há casais para quem a expressão cara-metade não significa algo de duradouro; para outros, está relacionado com um sentimento forte que nutrem um pelo outro, algo verdadeiro e que perdura nos planos em comum que fazem para o futuro (casamentos, filhos), quando juntos têm sonhos e projetos. É procurar ser feliz com a pessoa que se ama, indo passo a passo para concretizar os planos.

O amor é o sentimento que une as pessoas; nele também estão presentes outros sentimentos como a partilha e a confiança. É um sentimento que nasce de forma natural entre duas pessoas, que toca no íntimo de cada de modo muito forte e até inexplicável. O amor não tem medida.

 

Sexualidade

É entrega do corpo e do espírito à pessoa que se ama, o ato mais profundo que se tem, intimidade, expressão de amor, afeto, confiança, sinceridade, respeito e compromisso. A relação sexual deve existir quando a pessoa se sente preparada, segura, confiante, quando se ama profundamente alguém, não por interesse; cria compromissos, porque é um momento especial entre duas pessoas que se amam, com a pessoa que escolhemos como a cara metade.

 

Matrimónio

Nas nossas famílias, a nossa vivência de fé começou no dia do nosso batismo, e prolonga-se essencialmente na catequese, na participação na Eucaristia, no grupo de crismandos, nos encontros da EVJ, no escutismo, no serviço à comunidade, como é o caso dos acólitos. Para podermos amar os outros, também temos que nos amar a nós próprios. O nosso amor vai para além de nós na nossa relação com os outros, na família ou na amizade, na nossa oração a Deus por aqueles de quem gostamos, na nossa relação com Deus.

O matrimónio como sacramento significa, para nós, a bênção de Deus no amor e na união do casal, apoio, ajuda, a capacidade de em conjunto ultrapassar as dificuldades e a vontade de que Deus faça também parte desta relação.

 

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.