Encontro Vicarial de Porto de Mós: “Deus dá-nos uma graça para cuidar do outro e vencer todas as dificuldades”

A vigararia de Porto de Mós acolheu o último encontro vicarial deste ano, presidido pelo Bispo diocesano, D. António Marto, no passado dia 23 de maio.

Sob o tema “Amor conjugal, dom e vocação”, o encontro iniciou-se pelas 21h00, no salão da Casa do Povo do Alqueidão da Serra, com o acolhimento e breves palavras por um casal desta paróquia, a que se seguiu a projeção de um filme sobre o VII Encontro Mundial das Famílias, realizado em Milão, em 2012.

Foi feita uma leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses e D. António Marto partilhou uma breve reflexão, começando por citar o Papa emérito Bento XVI: “A família é um grande tesouro para os esposos, durante toda a sua vida. É um fundamento indispensável para a sociedade e para a Igreja e um bem necessário para todos os povos”. Partindo da sua carta pastoral para este ano, o Bispo abordou o sentido do nascimento e crescimento de uma família, como “verdadeira comunidade de vida e de amor”. “A família é feita de rostos de pessoas que se amam, que dialogam e que partilham os êxitos e os fracassos e que são capazes de se sacrificar uns pelos outros; é um lugar de afetos”, referiu, sublinhando a importância de algumas palavras essenciais ao diálogo familiar: “por favor, desculpa e obrigado”, que o Papa Francisco nos tem transmitido.

Um casal da paróquia da Barreira, com 27 anos de matrimónio, partilhou em breves palavras a sua vivência em família. Como membros da equipa de pastoral familiar da Diocese, deixaram algumas noções do que é o trabalho efetuado neste setor da pastoral, cujos princípios são inspirados nos ensinamentos da exortação apostólica Familiaris Consortio.

Como um dos objetivos era “incentivar a preparação para o sacramento e a espiritualidade conjugal e familiar”, o padre José Augusto Rodrigues, diretor do Departamento da Pastoral Familiar, falou da ação a desenvolver com casais de namorados e, concretamente, da pastoral pré-matrimonial, que considera “cada vez mais necessária”. Defendendo que “todos estamos envolvidos e devemos acompanhar os namorados no caminho do matrimónio”, frisou que “é importante que todos descubram que Deus os chama e que o Matrimónio é uma vocação cristã, símbolo do amor de Cristo pela Igreja”.

Seguiu-se o testemunho de um casal que há nove anos integra a equipa vicarial de pastoral familiar e que contou um pouco da sua experiência de vida, de encontro e de constituição da família, que inclui dois filhos. Confessaram, em resumo, que “Deus dá-nos uma graça, um amor que está no fundamento da união, para cuidar do outro e vencer todas as dificuldades”.

A última parte do encontro preencheu-se com partilha de ideias e questões entre os presentes, muitas delas colocadas ao nosso Bispo, que abordou o tema das novas formas de união entre casais e lamentou a ideia errada que muitos adolescentes têm hoje do casamento “como uma prisão”. D. António Marto incentivou à leitura e meditação da sua última carta pastoral e ao trabalho em rede nas paróquias e vigararias, pois “os grandes evangelizadores são os casais cristãos, que dão testemunho de fé e de vida cristã”.

O pároco do Alqueidão da Serra, padre Manuel Pedro, agradeceu a presença de todos e ofereceu uma lembrança característica da localidade ao Bispo, que reconheceu o gesto.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.