D. António Marto re-inaugurou Basílica e lembrou missão da Vida Consagrada

Na festa litúrgica da Apresentação de Jesus no Templo, ocorrida no passado dia 2 de fevereiro, o bispo de Leiria-Fátima presidiu, no Santuário de Fátima, à celebração da dedicação do altar da basílica de Nossa Senhora do Rosário, que assinalou a sua reabertura ao culto, após as obras de requalificação. Na mesma celebração, os religiosos e religiosas e outros fiéis renovaram a sua consagração, no dia a eles dedicado, e fez-se o encerramento do Ano da Vida Consagrada, que estava em curso desde o mês de dezembro de 2014.

À  assembleia de fiéis que enchiam por completo a basílica, D. António Marto, na sua homilia, aludindo à festa litúrgica do dia, à procissão de velas com que se iniciara a celebração e ao símbolo da luz, disse que “Jesus quer entrar também no templo da nossa vida, no coração de cada um de nós para acender a chama e o fogo do amor com o seu Espírito Santo”. Depois, referiu que a dedicação do novo altar é sinal que nos interpela a acolher o mesmo convite da Virgem Maria aos pastorinhos para se entregarem pessoalmente a Deus a fim de “colaborar com a sua misericórdia na reparação do pecado do mundo”.  É que, afirmou D. António, “Deus procura colaboradores em favor dos outros para a transformação do mundo e pede uma resposta também a nós hoje e aqui”.

 

Vida consagrada “escola da misericórdia para o mundo ferido”

Passando ao tema da vida consagrada, o bispo de Leiria-Fátima qualificou-a como “escola privilegiada da ternura e da misericórdia de Deus”, que não abandona “este mundo tão ferido, dilacerado, divido, violento à busca de fraternidade para se poder viver juntos”. Neste sentido, destacou “a missão profética” dos consagrados a Deus, que deverão revelar-se capazes “de despertar no mundo distraído e indiferente uma abertura do coração ao Deus misericordioso, à dimensão transcendente da vida sem a qual a Europa e a nossa sociedade correm o risco de perder o espírito humanista e fraterno como estamos a verificar em relação ao drama dos refugiados”.

Dando graças a Deus pelo dom da vida consagrada e focando a vocação missionária da Igreja, D. António Marto lembrou aos consagrados que “há caminhos não andados que esperam por alguém, que esperam por vós. Como velas acesas acendei, por toda a parte, a luz e o fogo da misericórdia do Senhor”. E, citando o Papa Francisco, apontou o cenário atual do mundo que requer quem lhe leve “a ternura e a misericórdia de Deus, a luz e o calor do evangelho”. Sim, “há uma humanidade inteira que espera: pessoas que perderam toda a esperança, famílias em dificuldade, crianças abandonadas ou órfãs de afeto, jovens sem horizontes de futuro, doentes e idosos sós ou abandonados, pobres com fome e carenciados, gente rica com o vazio no coração, homens e mulheres à busca do sentido da vida, sedentos do divino…”(Papa Francisco).

As obras de requalificação tornaram a basílica em melhores condições para nela se celebrar o culto, mas também para a visita aos túmulos dos beatos Francisco e Jacinta Marto e da irmã Lúcia. Foi reestruturado o grande Órgão, que estava inativo, e renovado todo o mobiliário do presbitério: altar, ambão, sede da presidência litúrgica, crucifixo e lugar de colocação da imagem de Nossa Senhora, etc.

Participaram na celebração muitos sacerdotes, religiosos e religiosas e fiéis, além das autoridades autárquicas e dos técnicos que conduziram os trabalhos de renovação da basílica e produziram o mobiliário e as obras de arte.

2016-02-02 basilica

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.