Agostinho é inspiração para jovens santos “sem cheiro a mofo de sacristia”

Na Solenidade de Santo Agostinho, no passado dia 28 de agosto, o Cardeal D. António Marto aproveitou para apresentar este padroeiro da Diocese de Leiria-Fátima como inspiração e exemplo a seguir pelos jovens de hoje, numa vida marcada pela santidade, mas plenamente integrada na sociedade moderna.

A Igreja de Santo Agostinho encheu-se para a celebração, encontrando-se entre os fiéis muitos dos colaboradores mais diretos dos serviços e membros dos movimentos e comunidades desta Igreja particular. Sem esquecer os “amiguitos” mais pequenos, o Cardeal a todos saudou pela presença nesta festa do mais antigo padroeiro da Diocese restaurada e, lembrando a proximidade do início do biénio dedicado aos jovens, foi a estes que se dirigiu mais diretamente.

Confessando-se “profundamente devoto” deste santo, D. António Marto começou por lembrar que “Agostinho perdeu o pai muito cedo e viveu uma juventude atribulada, perdido nas seduções da sociedade do seu tempo”. Depois, fez o paralelismo com a atualidade, em que “os jovens têm dificuldade em orientar-se, no meio de tantas seduções de felicidade fácil, apresentadas em embalagens tentadoras e com o convite a experimentar-se de tudo”, sem filtros ou responsabilidades. “Cheios de dúvidas e de feridas afetivas e físicas, confusos e desorientados”, muitos andam à procura de respostas para as suas inquietações, como descreve Agostinho de Hipona nas suas “Confissões”, obra onde “podemos facilmente identificar o que também nós podemos estar a sentir”.

2018-08-29 agostinho1

E onde está a resposta? A primeira certeza é a de que “Deus não desiste de ninguém, mesmo quando tudo parece perdido”. O exemplo de vida de Santo Agostinho mostra também que “a conversão não se encontra nos sermões”, mas sim no “testemunho de vida, no acompanhamento e discernimento”. No processo de redescoberta da fé, a sua primeira grande “mestre” foi a própria mãe, Santa Mónica, que, “com sabedoria e paciência, nunca desistiu dele e lhe transmitiu o sentido do bom e do belo com o testemunho da própria vida”. Persistente na oração, “fez-se próxima e aceitou-o como era, sem julgamentos, mostrando-lhe com o amor de mãe como é o amor de Deus”, porque “só o amor dá coragem e estímulo para avançar”, defendeu D. António Marto. O segundo mestre foi o bispo de Milão, Santo Ambrósio, que, “como verdeiro pastor e guia espiritual, lhe deu a saborear a beleza e riqueza da Palavra de Deus”, pois “é a escuta orante da Palavra que nos faz sentir amados e nos ajuda a descobrir a voz que chama ao amor e à conversão”.

Foi assim que o jovem Agostinho redescobriu Aquele a quem chamou “Beleza sempre antiga e sempre nova”, com o lamento “tarde Te amei!”. É esse o caminho para a pastoral juvenil, considerou o Bispo diocesano: “mostrar aos jovens a beleza de Deus e da vida cristã”, propondo-lhes que sejam “santos sem cheiro a mofo de sacristia”, mas plenamente integrados na sociedade em que vivem, “santos modernos”, como dizia São João Paulo II, “que saibam saborear as coisas boas do mundo sem se tornarem mundanos”.

2018-08-29 agostinho3

 

Museu de Leiria associou-se à celebração

Associando-se à data desta solenidade, o Município abriu as portas do Museu de Leiria, instalado, precisamente, no convento de Santo Agostinho, contíguo à igreja onde decorreu a celebração.

Durante o dia, cerca de uma centena de pessoas aproveitaram para a visita gratuita. Ao final da tarde, foram 135 as que se juntaram para usufruir da visita guiada ao museu, convento e igreja, também gratuita, orientada por Mário Coelho, técnico municipal com formação em História da Arte.

Luís Miguel Ferraz

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.