A “convivência fraterna” dos guias diocesanos das Oficinas de Oração e Vida

No passado domingo, 28 de maio, os guias das Oficinas de Oração e Vida da Diocese de Leiria-Fátima viveram um dia de convivência fraterna, na Casa do Bom Samaritano, em Fátima, local normalmente por eles utilizado para o Dia Mensal do Guia, conhecido também pelo Dia de Deserto.

O nome “Dia de Convivência Fraterna” surgiu numa reunião do grupo de guias da equipa local, promovendo a ideia de não sentirem a sua brasa a arrefecer, mas que se sintam mais unidos, mais fortalecidos, mais motivados e possam sentir o amor fraterno que os une. Nesse espírito, foram convidados os familiares e amigos, para que pudessem testemunhar a verdadeira família que são os guias.

O dia teve momentos de oração, de partilha de vida e a Eucaristia, presidida pelo padre Armindo Rodrigues, que a todos motivou no seu apostolado. Após o almoço partilhado, uma apresentação multimédia ajudou os participantes a fazer a autocrítica de vida e a “re-fundar” a sua ação, voltando às origens do movimento e frisando a importância da fraternidade.

No encontro estiveram presentes todos os guias em atividade na Diocese, bem como os que já passaram a eméritos, um do quais testemunhou que “ser guia não é um privilégio, mas um compromisso”.

Ramiro Baptista (C.)

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress