O futuro da Igreja é sinodal!

A primeira grande conclusão que se pode tirar é que o futuro da Igreja, a construir sob a acção do Espírito Santo, nas e pelas suas comunidades e estruturas de participação e corresponsabilidade, é sinodal.

No final do mês de Agosto foram enviadas para Roma e publicadas pelas 115 Conferências Episcopais e outros organismos eclesiais, as sínteses da consulta ao Povo de Deus em todo o Mundo. Com elas se recolheu e apresentou o sentir dos fiéis – leigos, religiosos, ministros ordenados – e de outras pessoas que se interessaram pelo processo inovador de discernimento eclesial lançado pelo Papa Francisco.

A primeira grande conclusão que se pode tirar é que o futuro da Igreja, a construir sob a acção do Espírito Santo, nas e pelas suas comunidades e estruturas de participação e corresponsabilidade, é sinodal; o evento de graça que é o “Sínodo sobre a Sinodalidade” tem a força, não impositiva mas atractiva, de nos guiar no aprofundamento do caminho que iniciámos juntos. Não obstante incertezas e medos, o caminho faz-se caminhando e aqueles que, neste processo sinodal, ousaram percorrê-lo, não raras vezes, foram surpreendidos pela gratificante experiência da comunhão fraterna em Cristo Jesus: uma bênção e uma promessa para a Igreja e para o Mundo!

Recentemente, em mensagem à Pontifícia Comissão para a América Latina, o Papa Francisco afirmava: “a sinodalidade é a dimensão dinâmica, a dimensão histórica da comunhão eclesial fundada na comunhão trinitária, que, apreciando simultaneamente o «sensus fidei» [sentido da fé] de todo o santo povo fiel de Deus, a colegialidade apostólica e a unidade com o Sucessor de Pedro, deve encorajar a conversão e a reforma da Igreja em todos os níveis”

Neste caminhar juntos, começa agora uma nova fase – a fase continental. Nela, o objectivo principal é procurar compreender, tendo em conta a leitura feita pelo Povo de Deus nas Igrejas locais, o que o Espírito Santo está a dizer à Igreja que peregrina em cada um dos Continentes, ou seja, como é que o Evangelho pode iluminar cada contexto cultural e este inspirar projectos eclesiais de renovação e/ou inovação ao serviço do Reino de Deus. A Assembleia sinodal para a Europa vai realizar-se em Fevereiro de 2023, em Praga (República Checa).

Avançamos, pois, para uma nova forma de ser e viver em Igreja onde todos se hão-de sentir em casa, participando e corresponsabilizando-se, segundo a graça recebida, pela sua missão, a missão que Jesus nos confiou. Esta mudança, que está em curso, por um lado, há-de fazer crescer em nós a consciência da bondade, verdade e beleza do Evangelho de Jesus, e por outro, a alegria e a graça de nos sabermos e sentirmos enviados, como “discípulos missionários”, para dar forma a projectos que renovem as comunidades eclesiais e construam novos horizontes sociais, porque mais justos e fraternos.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress