Luz da Paz de Belém: reflexão e intervenções

Celebração da Partilha Diocesana da Luz da Paz de Belém na diocese de Leiria-Fátima. 2021-12-13.

Reflexão do cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima

Intervenção do presidente da Cáritas Diocesana de Leiria, José Marques

Intervenção do presidente da Região Escutista de Leiria-Fátima, Vítor Faria

Texto da intervenção do presidente da Cáritas Diocesana de Leiria, José Marques

Saúdo Sua Ex.ª O Senhor Bispo D. António Marto, e na sua Pessoa todos os Presbíteros presentes. Uma saudação fraterna ao Chefe Regional, Dirigentes, e a todos os Escuteiros, suas famílias e amigos que aqui se encontram a participar nesta Celebração festiva.

Como é belo ver tantos Jovens que responderam ao anúncio para receber a Luz da Paz.

Há 2000 anos também os pastores ouviram este anúncio dos Anjos” Nasceu-vos hoje na cidade de David um Salvador, Cristo Senhor” Uma luz para todos os povos, o Rei da Paz.

Hoje o convite foi-nos dirigido a nós para receber a luz, e a levarmos pelas ruas da nossa cidade e pelos quintais das nossas aldeias anunciando este grande acontecimento.

” Desperta, levanta-te, porque chegou a Luz, a Glória do Senhor está contigo”

Caros amigos e amigas, a Cáritas Diocesana participa nesta celebração numa atitude aberta e de esperança, para com aqueles que estão mais fragilizados.

Foi um ano difícil para todos, principalmente para aqueles que perderam rendimentos, emprego, e para os que chegam à nossa cidade vindo doutros países à procura de melhores condições de vida e que só encontram muitas vezes ajuda nas Instituições de Caridade.

A Cáritas diariamente acolhe, escuta, ajuda e também procura inserir no mercado de trabalho homens e mulheres que o procuram. Tem colaborado e articulado com as entidades do Estado no bem-estar dos mais frágeis, tem-se aberto às periferias e acolhe no seu hospital de campanha, todos aqueles que precisam, como nos fala o Papa Francisco.

Uma vez mais a Cáritas tem entre nós a Campanha “10 milhões de estrelas um gesto pela Paz”. É um gesto para os homens e mulheres de hoje na construção da paz. A luz pequenina e frágil daquela vela não pode ser um adorno, mas sim a vontade de quem a adquire, partindo de si para os outros na construção de um mundo mais fraterno, solidário e de Paz!

Esta campanha é também uma forma de contribuir na ajuda aos mais carenciados à qual a Cáritas se compromete a distribuir. Sendo 65% para Cáritas Diocesana, e 35% para os países Lusófonos na ajuda às populações vítimas das condições climatéricas.

A luz de Belém que se encontra nas nossas mãos é a Luz de Cristo, que veio iluminar e aquecer os corações de todos aqueles que O querem receber de boa vontade.

O desafio para cada um de nós nesta noite é, que sejamos portadores desta luz, e arautos desta maravilhosa noticia a todos aqueles que andam perdidos, e o seu coração não sente o calor do amor e da fraternidade.

Em nome da Cáritas Diocesana de Leiria, desejo um Santo Natal, um Novo Ano cheio de

Esperança, Alegria e da Graça de Deus. BOAS FESTAS!

Texto da intervenção do presidente da Região Escutista de Leiria-Fátima, Vítor Faria

Senhor D. António Marto, Bispo de Leiria-Fátima

Sr. José Marques, Presidente da Cáritas Leiria-Fátima, caros Dirigentes e Irmãos Escutas,

E todos vós aqui presentes, representantes de tantas paróquias e grupos da nossa Diocese,

O mote deste ano na partilha da Luz da Paz de Belém é “Rede de Paz – Uma Luz que nos aproxima in.

Ontem foi o 32 domingo do advento. o texto do Evangelho de Lucas falava-nos das multidões, dos publicanos e dos soldados que perguntavam a João Baptista: «Que devemos Fazer?». Para cada pergunta ele tinha uma resposta: Seria a resposta que o povo queria ouvir? Possivelmente não, mas foi assim, com muitas exortações, que João convidava à conversão e anunciava ao povo a Boa Nova.

A pergunta do Evangelho é também nossa: E nós o que devemos fazer?

Todos nós temos expectativas, e também a Luz da Paz de Belém nos traz expectativas. O tempo corre, o tempo aproxima-se…

E com o tempo aumenta as expectativas…

São muitas as expectativas dos Homens do nosso tempo?

É grande a expectativa do Povo de Deus, da sua Igreja, do nosso Agrupamento? Aquele que vai chegar excede essa expectativa… É maior… É infinito.

Esperemos muito, mas Ele ainda nos dará mais!

Esta Luz cria-nos expectativas porque, de onde vem, lhe damos tanta importância, e mexe com os nossos sentimentos! Esta luz pergunta-nos sobre as nossas expectativas para este Natal! Esperamos alguma coisa com valor? Esperamos que esta Luz nos aproxime de verdade uns dos outros e crie entre nós uma rede de Paz? Esperamos que esta Luz nos aproxime daqueles que mais precisam de uma palavra, de um gesto, de um cuidado ou de uma presença que traga alento e dignidade? Esperamos que esta Luz nos aproxime de Jesus que se faz próximo de nós?

Esta Luz desafia-nos a descobrir algumas destas expectativas que temos…

Hoje recebemos um dom, o dom de uma Luz que transmite Esperança, que nos dá Consolo. Uma Luz que testemunha que somos Povo de Deus, que somos Igreja.

Vamos ser um pouco como João Baptista, portadores de uma Boa Nova, Mensageiros de uma Luz que foi acesa em Belém, e que já percorreu um total de 5600 km sem nunca se apagar, que chega finalmente à nossa Diocese, e que, de candeia em candeia, iremos fazer chegar aos nossos agrupamentos, às nossas famílias, à nossa comunidade. Esta Luz pode dar conforto àqueles que perderam a esperança e a alegria, nunca esquecendo que todos nós somos, como João Baptista, chamados a apontar para a Luz que excede todas as expetativas.

Num gesto de Esperança, assumimos, cada um de nós, o papel de mensageiro da paz através desta chama que vem de Belém.

Bem hajam por estarem aqui, e partilharem deste desafio! Votos de um santo e Feliz Natal no encontro com Jesus, que continua a marcar a vida de cada um de nós!

plugins premium WordPress