Foram anunciados os Patronos da JMJ Lisboa 2023

Os escolhidos foram: São João Paulo II, São João Bosco, São Vicente, Santo António, São Bartolomeu dos Mártires, São João de Brito, Beata Joana de Portugal, Beato João Fernandes, Beata Maria Clara do Menino Jesus, Beato Pedro Jorge Frassati, Beato Marcel Callo, Beata Chiara Badano e Beato Carlo Acutis.

Os Santos e Beatos Patronos da JMJ Lisboa 2023 foram anunciados no dia 18 de maio, dia em que celebramos o aniversário de nascimento de São João Paulo II, fundador da Jornada Mundial da Juventude (JMJ)

Aos Patronos são confiadas a preparação, a realização e o dinamismo de cada JMJ. São escolhidos santos e santas canonizados ou com esse processo em curso, referências para a comunidade jovem.

Para a JMJ Lisboa 2023, o Comité Organizador Local (COL) escolheu 13 patronos, mulheres, homens e jovens que “demonstraram que a vida de Cristo preenche e salva a juventude de sempre”, como afirma o Cardeal-Patriarca, nascidos na cidade que acolhe a JMJ ou que, naturais de outras geografias, são modelos para a juventude.

Os escolhidos foram: São João Paulo II, São João Bosco, São Vicente, Santo António, São Bartolomeu dos Mártires, São João de Brito, Beata Joana de Portugal, Beato João Fernandes, Beata Maria Clara do Menino Jesus, Beato Pedro Jorge Frassati, Beato Marcel Callo, Beata Chiara Badano e Beato Carlo Acutis.

Podemos conhecer estes Santos e Beatos no site oficial da JMJ Lisboa 2023 e no livro publicado conjuntamente pela Paulinas Editora e pela Paulus Editora intitulado “Patronos da JMJ Lisboa 2023”.

Patronos Diocesanos

Pela primeira vez, a preparação da JMJ Lisboa 2023, que está a acontecer em todas as dioceses de Portugal, pelo dinamismo dos Comités Organizadores Diocesanos (COD), é também confiada a patronos diocesanos da JMJ. Cada Diocese escolheu santos ou santas que são referências para o contexto de cada realidade diocesana e, pelo seu exemplo e proteção, ajudarão a caminhar até à JMJ Lisboa 2023.

Na Diocese de Leiria-Fátima, escolhemos os Santos Francisco e Jacinta Marto, inspiradores para nós pelas características que pretendemos que inspire o nosso caminho de preparação: a amizade que os unia, verdadeira e fiel à amizade maior, a de Jesus e Maria; a aceitação pacífica e alegre e o acolhimento como dom aos pedidos feitos por Nossa Senhora; a vida intensa que ganharam ao abrirem o coração ao dom e ao convite de Deus, por meio do Anjo e de Nossa Senhora; e a fidelidade ao dom de Deus.

Que estas “Candeias que Deus acendeu”, como foram carinhosamente intitulados os Pastorinhos por São João Paulo II, possam ser luz para nós hoje.

Sabias que…

O primeiro país de língua portuguesa a receber a JMJ foi o Brasil, em 2013?

jmj rio de janeiro

A JMJ Rio de Janeiro 2013 foi a primeira a acontecer num país de língua portuguesa, já no pontificado do Papa Francisco. Portugal vai ser o segundo país de língua portuguesa a receber este encontro mundial de jovens.

Testemunho

As JMJ são a reunião, encontro, convívio de vários jovens de todo o mundo, todos com o mesmo objectivo comum! A busca da paz e fraternidade no coração e ações de todos nós! Marisa Gerardo, paróquia de Leiria

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress