Dias na Diocese de Leiria-Fátima: muitos já querem vir

O Presidente da República visitou, no dia 23 de fevereiro, os terrenos que vão receber os eventos centrais da Jornada Mundial da Juventude, no Parque Tejo, entre Lisboa e Loures.

Nos dias 2 e 3 de março, recebemos em Leiria-Fátima a visita dos responsáveis da pastoral juvenil das Dioceses de Aveyron e Orléans (França) e da Comunidade francesa de São João, no decorrer da preparação do acolhimento de jovens estrangeiros nos dias que antecedem a JMJ, conhecidos como Dias nas Dioceses ou pré-jornadas.

Os grupos que nos visitaram preparam-se para trazer algumas centenas de jovens que esperam conhecer a nossa Diocese, o nosso património cultural e espiritual e, sobretudo, a Mensagem de Fátima. 

Além destes grupos, no início de fevereiro, esteve também connosco o responsável da pastoral juvenil espanhola que, além de conhecer a nossa Diocese, ajudou a nossa equipa diocesana a perceber e conhecer melhor a dinâmica dos Dias nas Dioceses, dando-nos uma perspectiva de quem já organizou os Dias nas Dioceses na JMJ Madrid 2011.

Estas visitas dos responsáveis de grupos estrangeiros mostram-nos o entusiasmo dos jovens de participar e fazer parte da JMJ Lisboa 2023. Todos estão ansiosos por vir!

Presidente da República visitou local que vai acolher a JMJ

O Presidente da República visitou, no dia 23 de fevereiro, os terrenos que vão receber os eventos centrais da Jornada Mundial da Juventude, no Parque Tejo, entre Lisboa e Loures. A visita aconteceu por ocasião da nomeação do novo embaixador de Portugal junto da Santa Sé, Domingos Fezas Vital. Marcelo Rebelo de Sousa considerou essencial que o representante diplomático esteja a par das informações mais atualizadas de forma a poder reportar ao Papa, quando se apresentar no Vaticano.

Presidente da República visitou local que vai acolher a JMJ © CM Loures

Estiveram também presentes, entre outros, o presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, D. Américo Aguiar, e os presidentes das Câmaras Municipais de Lisboa e Loures, Carlos Moedas e Ricardo Leão, respetivamente, que asseguraram que tudo vai estar pronto, a tempo de receber a Jornada Mundial da Juventude, de 1 a 6 de agosto de 2023.

JMJ será oportunidade para “agradecer” a Paz

A jovem ucraniana Olesya Biletska (à direita na foto, acompanhada pela mãe), em Portugal desde 2004, deseja que a JMJ Lisboa 2023 seja um momento onde os jovens de todo o mundo possam estar “todos juntos, abraçados”, para “agradecer a Deus por alcançarmos a Paz”. Com um percurso juvenil no Grupo de Jovens ‘Sempre Mais Alto’, da paróquia de Algueirão, em Sintra, esta jovem recorda a importância da JMJ na sua caminhada cristã. “Na JMJ de Colónia, em 2005, encontrei pessoas iguais a mim, com a mesma fé, apesar de falarem outras línguas!”, lembra. Atualmente, os jovens da comunidade católica ucraniana a que Olesya pertence “estão mobilizados para rezar, diariamente, o terço com a intenção da paz na Ucrânia”. 

O Comité Organizador Diocesano (COD) de Lisboa organizou, na segunda-feira, dia 28 de fevereiro, uma vigília de oração pela Paz, presidida pelo Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, onde estiveram cerca de 800 pessoas.

Testemunho

Participantes da JMJ num elétrico

Uma das melhores memórias que tenho da JMJ é irmos no elétrico, tipo sardinhas enlatadas (esta foto foi um momento de sorte 😅), e começarmos a cantar o hino em português e os restantes grupos começarem a acompanhar-nos na sua própria língua. Inês Gaspar, paróquia das Colmeias

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress