Vigararia da Marinha Grande ouviu a história multissecular da Diocese

Marco Daniel Duarte, diretor do Departamento Diocesano do Património Cultural, e o padre Pedro Viva, diretor do Serviço de Pastoral da Saúde e capelão do hospital de Santo André, em Leiria, foram os dois conferencistas da sessão formativa realizada na Marinha Grande, na passada sexta-feira, dia 2 de fevereiro, sobre a história e a vida da Diocese de Leiria-Fátima.

Durante duas horas, cerca de uma centena de pessoas ouviram contar acontecimentos e falar de figuras que marcaram e teceram a história da Igreja diocesana, desde a sua fundação pelo Papa Paulo III, a pedido do rei D. João III, em 1545, até à atualidade. Foram referidos também os acontecimentos difíceis, como a extinção a Diocese, e os mais gloriosos, como a sua restauração, há cem anos, e a visita de vários Papas a Fátima, nos últimos 50 anos.

Falou-se também da teologia que define uma Igreja particular, com os seus elementos característicos: a comunidade humana de fiéis católicos sediada num território, a ação do Espírito Santo, a proclamação da Palavra de Deus, a celebração da Eucaristia e o ministério apostólico desempenhado pelo bispo, que garante a ligação aos apóstolos e a comunhão com a Igreja universal.

A sessão contou também com momentos musicais e foi organizada pela vigararia da Marinha Grande, que integra esta paróquia e as de Maceira, Pataias e Alpedriz.

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Leia esta e outras notícias na...

Escrito por:

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente