Vigararia da Marinha Grande em peregrinação: experiência comunitária de caminhada na fé

As comunidades paroquiais de Alpedriz, Maceira, Marinha Grande e Pataias, tal como as restantes vigararias da Diocese, caminham em conjunto no fortalecimento da fé, peregrinam todos os dias na construção das suas comunidades, feitas de pedras vivas, e manifestam diariamente a vitalidade que as anima procurando ser testemunhas de Cristo e evangelizadoras nos seus ambientes sociais.

Estas quatro paróquias, que formam a vigararia da Marinha Grande, caminharam em conjunto no fortalecimento da sua fé, peregrinaram na mesma construção de Igreja, fortaleceram os laços que as unem entre si e entre os seus membros, e realizaram no sábado, dia 18 de março, a sua peregrinação jubilar a Fátima, colocando aos pés da Mãe de Deus as suas esperanças, os seus anseios, as suas alegrias e incertezas, e pediram-lhe que fosse o seu refúgio e o caminho que as conduza até Deus, tal como prometeu aos Pastorinhos faz agora um século.

Mas, se foram muito importantes os aspetos organizativos, de mobilização das pessoas, do trabalho preparatório de todas as tarefas – e para o qual contribuiu um grande número de fiéis – a fim de que toda a peregrinação decorresse o melhor possível, aquilo que marca qualquer peregrinação é o espírito interior com que é realizada, não só por cada um, mas por todas as comunidades no seu conjunto, procurando sentir-se Igreja em caminho, anunciadoras de Cristo.

E foi isso que efetivamente aconteceu! Quem nela participou, não pode deixar de se ter sentido tocado (ou tocada) por uma Graça profunda que, não sendo visível no imediato, produzirá abundantes frutos de conversão pessoal e de crescimento da Fé, da Esperança e do Amor.

Quem participou na peregrinação, cerca de mil pessoas, tanto nas iniciativas destinadas às várias camadas etárias ao longo da tarde, como nas celebrações em conjunto (desde o momento da concentração e da descida para a Capelinha das Aparições, com a saudação a Nossa Senhora, até à recitação do Terço, procissão de velas e à vigília de oração, com que terminou a peregrinação vicarial, passando pela Eucaristia presidida pelo Pastor da Diocese, D. António Marto), poderá testemunhar que a intensidade com que a mesma foi vivida, não sendo mensurável, foi muito grande, e seguramente perdurará na vida de todos aqueles que nela participaram.

Tanto a alegria e a devoção das crianças da catequese, a sua surpresa, interesse e fascínio no aprofundamento da sua relação com Deus, como a maturidade na fé que vai sendo revelada por adolescentes e jovens nas suas atitudes e palavras, bem como o respeito, e quantas vezes a descoberta (ou redescoberta) da fé por parte de tantos adultos, acompanhados por pessoas com mais longa caminhada, são indício seguro de que a Igreja peregrina de Deus, em particular nestas quatro paróquias, caminha confiadamente nos caminhos de Maria, nosso refúgio, e caminho que nos conduz até Deus, e assume nos seus membros cada vez com mais determinação e confiança o seu papel de Igreja de Cristo, sal da terra e luz do mundo.

2017-03-21 vig marinha1

2017-03-21 vig marinha2

2017-03-21 vig marinha3

Um participante

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.