Santa Catarina da Serra continua a tradição do pão do Espírito Santo

Na catequese as crianças fizeram uma pomba com o molde da sua mão, que depois levaram na procissão, para que estas mãos sejam entregues à obra do Divino Espírito Santo.
http://lefa.pt/?p=53268

Cumprindo a tradição da entrega do pão, no dia 28 de maio, celebrou-se, com solenidade, a grande festa de Pentecostes.

Este ano a festa esteve a cargo do ramo de Santa Catarina que, em apenas cerca de um mês, reuniu esforços e cumpriu uma das mais belas festas realizados nesta paróquia. A cada reunião os mordomos aumentavam e respirava-se a união de um povo sedento de encontro em verdadeira comunidade, onde todos participam, como membros de um só corpo. Cada detalhe foi pensado e concretizado com e dedicação e devoção. Desde os encontros para fazer flores de papel para as cestas, ao pintar as coroas que transportam o pão, glorificando a Deus, que é rei, tudo foi preparado em ambiente de festa e união.

Na catequese, as crianças fizeram uma pomba com o molde da sua mão, que depois levaram na procissão, para que estas mãos sejam entregues à obra do Divino Espírito Santo.

No lar de idosos e restante rua onde passa a procissão, decoraram-se varandas e o coreto, para que a filarmónica tocasse, hastearam-se bandeiras ornamentadas de eucalipto e criou-se um ambiente de verdadeira festa.

O dia acordou chuvoso, mas nem isso moveu o povo que se reuniu à porta da igreja para realizar o tão belo e desejado tapete de flores que, com amor, trouxeram dos seus jardins. A igreja encheu-se do seu povo brioso e devoto, para uma celebração rica e intensa.

Ao som da filarmónica caminharam em procissão, com o pão em 119 cestas, 31 coroas e 6 andores, onde, em cada um deles, se evidenciava um dos símbolos do Espírito Santo. No adro da igreja benzeu-se o pão transportado também por 5 carrinhas. Rezou-se o terço, conviveu-se e, por fim, distribuiu-se o pão a todo o povo de Deus que, apesar da chuva, quis marcar a sua presença.

Fez-se, viveu-se e partilhou-se a festa para e com o Divino Espírito Santo. Deu-se graças a Deus por este povo unido e dedicado que reacendeu a chama de comunidade. Que continuem disponíveis e abertos a acolher a ação do Santo Espírito, para que este possa continuar a realizar maravilhas em cada um de nós e na comunidade.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress