Romagem noturna ao cemitério em Santa Eufémia

Na noite de sábado, dia 2 de novembro, encheu-se a igreja para a Missa e os tradicionais cânticos dos ofícios.

Acreditando que a nossa morada terrestre é passageira e nos espera uma morada eterna, no dia dos fiéis defuntos somos chamados a lembrar os que nos precederam, os que estiveram ao nosso lado, partiram antes de nós e por nós esperam.

Na noite de sábado, dia 2 de novembro, encheu-se a igreja para a Missa e os tradicionais cânticos dos ofícios. No início da celebração, um a um, foram nomeados e recordados os que faleceram no último ano.

Depois da missa, em procissão de velas, seguiu-se a romagem ao cemitério. A noite, o silêncio e a luz das velas que cintilavam sobre as campas criaram um ambiente de paz e de recolhimento para acompanhar os cânticos e a oração comunitária.

No final cada um se encaminhou ao seu espaço onde recordou e orou pelos seus entes queridos.

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Leia esta e outras notícias na...