Presépio tradicional volta à Marinha Grande

O presépio de Filipe Ferreira regressa por mais um ano ao Centro histórico da Marinha Grande e estará patente no Edifício da Resinagem de 1 de dezembro 2022 a 8 de janeiro de 2023 este que já é considerado um dos maiores Presépios tradicionais da região.
http://lefa.pt/?p=51260

O presépio de Filipe Ferreira regressa por mais um ano ao Centro histórico da Marinha Grande e estará patente no Edifício da Resinagem de 1 de dezembro 2022 a 8 de janeiro de 2023 este que já é considerado um dos maiores Presépios tradicionais da região.

A partir de 1 de dezembro é na Marinha Grande que poderá ver um dos maiores presépios tradicionais da região!

Presépio com mil peças regressa à Marinha Grande

Da autoria de Filipe Ferreira, um contabilista de 33 anos que dedica parte dos seus tempos livres a criar peças para este grande presépio tradicional onde, com a colaboração de Vítor Lopes, José Paulo Ferreira e José Augusto Ferreira, retrata, além da centralidade do nascimento do Jesus, muitos usos, costumes e tradições portuguesas.

Nesta edição o presépio ocupará uma área de cerca e 60m2, com cerca de 1500 figuras e centenas de acessórios e outras peças criadas pelo autor, criando cenários que nos fazem recuar no tempo.

Como tem sido habitual, novidades não faltarão, este ano com especial destaque para a área mais rural, nomeadamente com a representação de um olival com a apanha da azeitona e também da ceifa do trigo e posterior malha na eira. Destacamos ainda a área das festas e romarias com uma grande renovação na igreja, coreto e arraial com maior pormenorização dos elementos e adição de alguns novos movimentos e também novas cascatas de água. E, porque este ano se celebra o ano internacional do vidro, também elaborámos uma nova peça representativa de uma fábrica de vidro com o seu forno e os trabalhadores a moldar o vidro.

A par destas e outras novidades, poderão encontrar neste presépio muitos outros elementos que o tornam único, desde um mercado com inúmeras barraquinhas; tascas e tabernas; ofícios como o ferreiro, o carpinteiro ou o oleiro; os trabalho rurais com os lavores no campo e o lavrador com o seu arado em movimento, a vindima e a pisa das uvas, os currais dos animais com as galinhas a picar o milho ou os porcos a comer os moinhos com a pormenorização do trabalhar das mós ou um lagar de azeite onde a azenha faz movimentar as mós, na área dedicada às festas e romarias, onde além da Igreja não faltarão os jogos tradicionais, com o homem a subir o pau do sebo, ou o rancho a dançar e a procissão, também em movimento.

A água continua a forte presença neste presépio, com diversas cascatas, e fontes de água que trazem vida ao Presépio, bem como dezenas de elementos com movimento que dão um especial encanto a todo o Presépio e o destacam ainda mais, como é o caso dos soldados nas muralhas, o burro com a nora, os rebanhos de ovelhas, as galinhas a picar o milho os homens a jogar ás cartas, o oleiro a moldar o barro, ou o parque infantil com os baloiços,  o lago com os patos, os lenhadores a serrar a lenha, ou o homem a assar um porco no espeto, não podendo esquecer os Magos a chegar ao estábulo, entre muitas outras.

Todos estes elementos tornam este presépio singular em toda a região, com a inauguração agendada para dia 1 de dezembro, o mesmo poderá ser visitado até dia 8 de janeiro de 2023 de quarta-feira a domingo, 10h00-13h00, 14h00-18h00.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email
Captura de ecrã 2024-04-17, às 12.19.04

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress