Pousos: a oração de Jesus que continua a elevar as mãos das crianças ao Pai

Antes da comunhão, e da recitação do Pai Nosso na nossa língua portuguesa, escutámos a oração rezada em várias outras línguas, maternas de algumas das pessoas ali presentes: croata, francês, espanhol e inglês.

A Festa do Pai Nosso, celebrada pelas crianças do ano II da catequese da paróquia dos Pousos, não foi só celebrada no passado domingo. Tudo começou quando o Secretariado da Catequese e o pároco, marcaram o dia no calendário: 16 de maio!

As catequistas Ana, Carolina, Filomena, Susana e Sónia (dos Pousos e do Vidigal) uniram-se e iniciaram uma “chuva de ideias” celebrativas para homenagear a mais poderosa e universal oração: o Pai Nosso!

Os meninos, que andaram a aprender a importância de cada palavra e frase desta oração, através de várias dinâmicas, já eram conhecedores da sua importância e da sua história. Depois, foi só contagiar os pais e tudo aconteceu! Durante as semanas anteriores à cerimónia, os pais andaram a refletir sobre a oração e as partilhas dessas mesmas reflexões, acompanhadas com fotografias das famílias, ajudaram a intensificar as várias formas de viver a oração em todo o planeamento.

Depois chegou o “dia D”, o dia da Festa do Pai Nosso!

A celebração iniciou-se com a projeção da oração de Jesus cantada entusiasticamente com ritmos e idiomas africanos (Swahili); seguiu-se a projeção de dezenas de textos redigidos por cada família, sobre alguma das frases da Oração.

Antes da comunhão, e da recitação do Pai Nosso na nossa língua portuguesa, escutámos a oração rezada em várias outras línguas, maternas de algumas das pessoas ali presentes: croata, francês, espanhol e inglês.

A entrega do Livro do Pai Nosso, em momento depois da comunhão, como se de um livro de curso se tratasse, tinha dedicatórias das famílias e amigos e foi composto com fitas das cores dos cinco continentes.

A Matilde, menina deste ano que não pode estar presente fisicamente, acompanhou, com a sua família, toda a cerimónia em forma on-line e foi observável a sua particular intensidade e emoção; ao início da tarde o seu pai telefonou a agradecer todo o acolhimento do grupo!

E assim foi vivida esta celebração, com a participação ativa de todos, na sua preparação, na cerimónia em si, nos cânticos que ajudaram a embelezar e a rezar e, como mais uma forma de praticar a espiritualidade, onde foram englobados os valores e os princípios que constituem o desenvolvimento integral de cada criança.

Quando a Missa deixa memórias para partilhar

Estas são algumas das dezenas de mensagens que os pais partilharam em WhatsApp na tarde daquele domingo.

– É um verdadeiro prazer assistir a uma cerimónia tão bonita e intensa! Vozes fantásticas, ambiente de paz e família! Somos privilegiados por termos os nossos filhos nas mãos de catequistas tão simpáticas e disponíveis e termos um pároco tão próximo da comunidade! É com esta atitude e esta proximidade que reaproximamos as pessoas da igreja! Obrigado do fundo do coração.

– Subscrevo tudo o que foi dito. Muito obrigado aos catequistas, ao Sr. Padre Luís, coro, músicos e a todos os envolvidos, pelo trabalho, empenho e dedicação. Foi uma festa realmente bonita e especial que nos tocou muito, rica em valores, sentimentos e emoções. Gostámos muito e vamos guardar no nosso coração e memória durante muito tempo.

– Também aqui deixo a nossa mensagem às catequistas pela festa linda que nos proporcionaram. Um agradecimento ao padre Luís pela missa que não é só missa mas uma festa sempre que ele preside. Só por isso já valeu a pena ter escolhido este local para morar. Obrigado a todos, como aos cantores e tudo o que acompanha estas belas celebrações.

– Não tenho palavras para agradecer o que fizeram por nós, pela Matilde. Muito, muito obrigada. Bem hajam. Beijinho grande.

– Obrigada as catequistas e ao coro, aos pais e crianças. Foi tudo muito bonito. Adoramos.

– De facto foi uma celebração muito bonita e emotiva. Bem-haja às catequistas por todo o empenho, e a todos que de uma maneira ou de outra, estiveram envolvidos.

– Tenho de deixar aqui os parabéns a todos os intervenientes. Foi uma celebração linda. As catequistas estão de parabéns. Um grande beijinho e obrigada pela dedicação e empenho. As crianças estavam felizes cantaram lindamente. Obrigada Carla pela dedicação e esforço para nos pôr todos a cantar. O Sr padre também transpirava de alegria. Eu suma: foi lindo…

– Não tenho palavras para agradecer o que fizeram por nós, pela Matilde (que assistiu via zoom). Muito, muito obrigada. Bem hajam. Beijinho grande.

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Leia esta e outras notícias na...