Pastoral juvenil repete “E depois?” para o 10.º ano

“E depois?” foi o mote de uma iniciativa proposta este ano pelo Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil (SDPJ) de Leiria-Fátima aos grupos do 10.º ano.

Num cenário de “audiência em tribunal”, o réu é o percurso dos 10 anos de catequese, cabendo aos próprios adolescentes fazerem o papel de advogados de acusação e de defesa. Para tal, começam por refletir em grupo os argumentos a favor e contra a importância da catequese e a adequação dos seus temas, métodos, materiais, agentes, etc.

Além da proposta de reflexão sobre o seu percurso catequético, os objetivos passam por: “deixar a mensagem de que os adolescentes devem ser protagonistas ao serviço da comunidade e que, como tal, têm nela um lugar preponderante que devem assumir ao lado dos outros cristãos com os quais formam a comunidade; oferecer propostas concretas para assumirem no seio das suas comunidades; apresentar o SDPJ como um serviço da Diocese que os pode ajudar nesta missão”.

Foram inicialmente previstas três edições, em diferentes locais da Diocese, cuja adesão superou as melhores expetativas e com apreciação muito positiva por parte dos participantes. Assim, o SDPJ decidiu repetir mais uma vez a iniciativa, desta vez no salão paroquial da Marinha Grande, no dia 28 de abril, das 10h00 às 13h00. A inscrição deve ser feita pelos catequistas e é limitada a 80 participantes.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress