Paróquia de Amor despede-se e agradece ao padre Isidro

Com a aproximação do dia da tomada de posse do novo pároco, a paróquia de Amor quis fazer a despedida do pároco cessante, o padre Isidro. A cerimónia ocorreu durante a celebração da Missa dominical no dia 29 de setembro e nela estiveram presentes representantes dos dinamismos religiosos e civis da freguesia.

O momento escolhido para o efeito foi imediatamente a seguir à comunhão e começou com um grande “obrigado” mostrado por um grupo de escuteiros do agrupamento da terra. O Albertino Raínho, do secretariado permanente do Conselho Pastoral da paróquia fez as honras da casa, começando por dizer que “é chegado o momento de darmos graças, darmos graças pela vida e pelos dons que Deus nos dá, hoje e em tudo o que vivemos até este momento”. Após uma breve retrospetiva em que lembrou o ano de entrada do padre Isidro em Amor, destacou os dois grandes desafios que a paróquia enfrentou: “pela primeira vez o nosso pároco era também pároco de outra paróquia e a casa paroquial ficou vazia porque o pároco deixou de residir cá”. No entanto, fez questão de afirmar que o pároco cessante “orientou a nossa vida paroquial procurando a harmonia entre todos os lugares e apoiar os vários serviços e movimentos da paróquia”. O últimos seis anos da vida da comunidade, tornaram-na consciente “da necessidade de todos participarmos na dinamização da nossa fé e da vida cristã” e da importância que é “ter um sacerdote que nos acompanhe e que celebre connosco”. Chamou ainda a atenção para que “cada um de nós enquanto cristão e membro de uma comunidade, faça tudo o que está ao seu alcance para evangelizar o mundo que nos rodeia; o sacerdote ajuda-nos, mas não substitui aquilo que são as nossas tarefas e obrigações enquanto cristãos”.

Após este momento, foi entregue uma lembrança ao padre Isidro: uma pequena imagem do padroeiro da paróquia de Amor, São Paulo, que foi desembrulhada na ocasião para que toda a assembleia pudesse ver.

O padre Isidro também quis deixar umas palavras de apreço. Visivelmente emocionado, com a voz embargada de comoção, confessou que levava gratas recordações da terra que estava a deixar. “A comunidade paroquial de Amor ajudou-me a ser melhor padre”, afirmou. Deixou uma exortação à comunidade para continuar a acolher Jesus Cristo que ele quis trazer e que o futuro pároco, o padre Sérgio Henriques, vai continuar a trazer. “Peço-vos desculpa se não conseguir atingir as vossas expetativas, mas podeis estar certos de que fiz o melhor que pude”, confessou, deixando também o desejo de continuar na orações e nos corações de todos os fiéis da paróquia.

O padre Isidro vai ser transferido para a paróquia dos Marrazes, onde será vigário paroquial. Já o padre Sérgio Henriques tomará posse no domingo dia 6 de outubro.

Leia esta e outras notícias na...

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.