Paróquia da Caranguejeira em destaque no Presente

 

“A caminho de uma vivência religiosa mais intensa”

 

“A Caranguejeira, pela sua orografia, é uma terra de contrastes e recantos paradisíacos, com um vale verdejante onde ocorrem duas ribeiras que, ao juntarem-se, formam a ribeira da Caranguejeira, alimentada por dois abundantes olhos de água: o Olho da Fonte e o Olho do Seixo, no Vale Sobreiro, um pinheiral imenso e a Serra da Caranguejeira, onde se situa uma parte importante da zona habitacional da freguesia, das faldas da qual se espraiam os olhares no colorido da ribeira, na brancura do casario e na mancha verde escura do pinhal que se estende a perder de vista até ao horizonte”.

Assim é descrita a Caranguejeira no sítio da internet www.viladacaranguejeira.com . Esta descrição não foge muito à realidade sentida por quem visita aquela localidade. A Caranguejeira conquista quem a descobre. E assim foi no caso do padre Filipe Lopes, pároco desta comunidade há um ano.

É uma freguesia rica em associativismo e os paroquianos respondem de forma positiva quando são chamados a participar e a ajudar nos festejos religiosos da paróquia.

Na Caranguejeira, são várias as datas festivas que marcam o calendário religioso: festa em honra de Santo António, em fevereiro; festa em honra da padroeira Nossa Senhora da Conceição, em junho; festa em honra do padroeiro São Cristóvão, festa apenas religiosa, sem arraial, em julho; e festa em honra de Nossa Senhora do Rosário, em outubro). Na igreja de São Vicente e Santo António, realizam-se as festas em honra destes dois santos padroeiros, em agosto. Em Caldelas, o destaque festivo vai para a homenagem a Santo António, realizada em fevereiro, e a São Sebastião e São João Evangelista, em agosto. Nos Soutos, os paroquianos que completam 30 anos organizam as festas em honra de Santo António, em fevereiro, e os que completam 40 anos promovem as festas em honra de Nossa Senhora de Lurdes, em agosto. No Monte de Palmeiria,  a festa de Nossa Senhora das Graças (realizada por pessoas que todos os anos se juntam voluntariamente e formam uma equipa, incluindo alguns emigrantes) realiza-se em agosto.

Outro dos destaques da paróquia vai para o património religioso. A igreja matriz conta com cinco altares: o primeiro é dedicado a São Miguel, com as imagens deste santo, do Divino Espírito Santo, São Cristóvão e São Sebastião; no segundo está o Sagrado Coração de Jesus; o terceiro é consagrado a Nossa Senhora do Rosário, onde estão também as imagens de São António e de São Brás; o quarto sustenta a imagem de Nossa Senhora da Conceição, feita em 1628; enquanto no quinto se venera, além de São Miguel, Santa Catarina e São Vicente.

Para além da igreja matriz, a paróquia conta ainda com outros altares dispersos por vários lugares, nomeadamente no Alto da Caranguejeira (São Vicente), Caldelas, Palmeiria e Soutos. Há ainda a existência de uma capela no Casal Martelo.

Situada a cerca de 16 quilómetros de Fátima (concelho de Ourém), a freguesia da Caranguejeira é palco de passagem de centenas de peregrinos provenientes do norte do País. O monumento da Senhora dos Caminhos (na verdade Nossa Senhora de Fátima) estava previsto ir para Cahora-Bassa, Moçambique, no entanto está atualmente situado no Leão, povoação pertencente à freguesia.

Empenhado em abrir novos rumos religiosos na paróquia da Caranguejeira, o padre Filipe Lopes conta, para já, com a participação de um grupo considerável de paroquianos que apoiam os vários movimentos. São exemplos disso os grupos dos cursistas e dos acólitos. Igualmente empenhados, surgem os membros da sociedade ligados ao Agrupamento de Escuteiros 1041, ao grupo catequético, que assume a orientação religiosa de cerca de meio milhar de crianças, e à Cáritas Paroquial.

Na última edição do semanário diocesano Presente Leiria-Fátima (03.10.2013), apresentam-se mais em pormenor alguns destes dinamismos, para além de uma entrevista ao pároco.

 

Leia esta e outras notícias na...

Receba os nossos destaques no seu email

Não precisa de vir ao site da Diocese para estar informado das notícias mais importantes. Basta indicar o seu email neste formulário:

Nota: para garantir a segurança e proteção dos seus dados, deve confirmar a sua inscrição. As instruções estão num email que irá receber. Depois de confirmar, começará a receber emails a partir de info@leiria-fatima.pt com média regularidade. A qualquer momento pode cancelar subscrição.

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.