Padre Manuel Ferreira: uma evocação

Digamos que quase já esperava. Visitei-o duas ou três vezes na Casa do Clero, em Fátima, já bastante doente. Nos últimos anos era colaborador do Padre José Frazão em Simão de Litém e Albergaria dos Doze, onde nos encontrávamos durante as visitas à minha família, ora nas concelebrações e festas ora nalgum convívio e na oração do rosário no Arnal.

Digamos que quase já esperava. Visitei-o duas ou três vezes na Casa do Clero, em Fátima, já bastante doente. Nos últimos anos era colaborador do Padre José Frazão em Simão de Litém e Albergaria dos Doze, onde nos encontrávamos durante as visitas à minha família, ora nas concelebrações e festas ora nalgum convívio e na oração do rosário no Arnal. Tinha-me acolhido e apresentado frequentes vezes com muita deferência e consideração. Convidava-me algumas vezes para almoçar com ele na Venda do Lagar. Edificava ouvi-lo falar de Jesus como sacerdote de vida de fé que não se esquecia de Nossa Senhora no fim da missa invocando-a com alguma oração ou hino. Em setembro/outubro de 2012 passou quinze dias na Comunidade dos Irmãos de S. João de Deus no Funchal. Foi agradável acolhe-lo e acompanhá-lo em visitas pela Ilha das mil belezas que ele não tinha visitado e que muito apreciou. Visitou também o Porto Santo com o Irmão Jorge. Os problemas de saúde deixaram-no com limitações que o levaram em 2018 à Casa do Clero em Fátima. Faleceu dia 16 de outubro 2019 e a notícia da sua morte e funeral chegou-me pelo Padre Frazão quando me encontrava nos Açores. Não poderia participar no funeral, mas logo o inclui na minha lista de oração e Missas. Conhecia-o há longos anos quando construiu a igreja nova de Albergaria dos Doze onde foi pároco de 1954 a1973. Ao sair dali foi construir a igreja de Mira de Aires, 1973-1986 e contava-me que a terceira igreja que construiu foi a de Casal dos Bernardos,1973-1986, ficando conhecido como o construtor de igrejas.

Chamado pelo Pai do Céu para a glória eterna bem podemos confiar que foi acompanhado por Nossa Senhora de quem era devoto e a quem ele tinha construído “três Casas” para o seu Filho e para Ela. É auspicioso que as três igrejas construídas pelo Padre Manuel Ferreira todas tenham por padroeira Nossa Senhora: da Assunção, do Amparo e da Purificação (ou da Apresentação do Senhor). Quem agora o amparou e apresentou ao Senhor foi a Senhora da Assunção. Desejo que estas linhas escritas no dia de S. Simão, patrono da minha paróquia sejam um gesto de gratidão pelos encontros com o Padre Manuel Ferreira e pelo testemunho de fé cristã com que me tocou.

Leia esta e outras notícias na...

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.