O QUE É A ORAÇÃO

http://lefa.pt/?p=56799

Não se pode falar de espiritualidade sem falar de oração. É pela oração que cultivamos, em nós, uma espiritualidade que nos une a Deus e aos irmãos. Então, o que é a oração? Se perguntarmos a uma criança que anda na catequese ela nos vai logo responder, dizendo que orar/rezar é falar com Deus. E está muito certo. Contudo, para nós adultos, temos de ir um pouco mais além. Santa Teresa de Ávila, uma das mestras em espiritualidade, descreve a oração como diálogo de amor com quem nos ama. É um tratado de amizade com quem sabemos que nos ama. E por isso, o importante é o amor que se acolhe e uma amizade que se cultiva.

Assim, o ponto de partida necessário para entrar em oração é o de exercitar na fé a consciência de ser amado por Deus. Ser amado é ser desejado, querido, acolhido e escolhido, aceite e respeitado, cada um como é com todas as suas qualidades e com todos os seus defeitos. Deus acolhe cada um tal qual é. Desta forma, a consciência de se ser amado por Deus vai ganhando corpo quando se insiste na oração e na contemplação silenciosa da vida de Jesus Cristo. “Amarás ao Senhor, teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma, com toda a tua mente” (Mt 22, 37; Dt 6, 5), que faz parte integrante de uma vida de oração como resposta ao amor que Deus nos tem.

A melhor atitude como ponto de partida da oração é a de tomar consciência dessa verdade sem susto e se deixar amar por Deus, não por merecer esse amor, mas porque o seu amor é gratuito.

A oração é exercício de acolhimento de um Deus que nos ama e de busca para se deixar encontrar e amar por Ele. Neste caminho descobrimos a proximidade de Deus. É a oração, enquanto dom de Deus e a acção do Espírito Santo que põe a pessoa no caminho desta busca e descoberta de Deus. A oração, assim, não é um dizer coisas nem um repetir de determinadas fórmulas feitas, mas acima de tudo uma relação de amor entre Deus e o Homem e vice-versa. Uma relação pessoal, familiar e sem cerimónia. Um aprofundar contínuo desta relação de amor que vai crescendo à medida que a vamos exercitando.

Orar é estar em relação de amor com quem sabemos que nos ama. Por isso, uma escola de oração pode ensinar e deve ensinar métodos conhecidos e experimentados ao longo da história, mas será sempre e acima de tudo uma escola de amor e de liberdade.

Resumindo, a oração não é apenas e só um balbuciar de palavras e de fórmulas fixas, mas acima de tudo uma relação de amor e de amizade do ser humano com o seu Deus. Cultivar e aprofundar esta relação de amor é o que chamamos de rezar ou orar. Falarmos e dialogarmos com a pessoa amada. Escutar Deus amor que se aproxima de nós e nos fala de diversas formas e maneiras.

Orar e rezar será sempre uma questão de exercitar a relação de amor entre Deus e o homem.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress