O PRECEITO

«Eu pergunto-vos se é permitido ao sábado fazer bem ou fazer mal, salvar a vida ou tirá-la»
http://lefa.pt/?p=54364

«Eu pergunto-vos se é permitido ao sábado fazer bem ou fazer mal, salvar a vida ou tirá-la»

O que resta do preceito sem o amor?

O que resta do preceito sem a máxima vontade de fazer a vontade de Deus?

O que resta do preceito sem amar primeiro a Deus?

O que resta do preceito sem amar os outros como a mim mesmo?

O que resta do preceito se o mesmo se torna rotina sem fé?

O que resta do preceito sem a comunhão com os outros em Igreja?

O que resta do preceito sem a vontade de servir a Deus servindo os outros?

O que resta do preceito se não há obediência aos ensinamentos de Jesus Cristo e da Igreja?

O que resta do preceito se não houver abertura à luz do Espírito Santo?

O que resta do preceito se ele não me edifica?

O que resta do preceito se ele não me une e me faz unir?

O que resta do preceito se ele não me dá vida e faz viver?

Enfim, verdadeiramente, o que resta do preceito sem o amor?

O preceito é coisa boa se tiver tudo isto e muito mais, porque então não se fica apenas pelo preceito, mas antes se torna vida e amor de Deus em nós, para nós e para os outros.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress