“O Jornalismo Leiriense e a Grande Guerra”

http://lefa.pt/?p=905

No passado dia 5 de Abril foi feito o lançamento do livro “O Jornalismo Leiriense e a Grande Guerra”, da autoria de Joaquim Santos, colaborador do jornal diocesano Presente Leiria-Fátima.

A sessão inseriu-se nas cerimónias do Dia do Combatente, contando com a presença do general Chito Rodrigues.

Trata-se de um livro que resultou de uma investigação para tese de mestrado do autor na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, sobre o jornalismo leiriense e a Grande Guerra.

O presente estudo constitui uma breve reflexão sobre a história da Grande Guerra de 1914-1918 e o acompanhamento integral, a nível jornalístico, por alguns repórteres estrangeiros e portugueses. Apresenta também algumas personalidades leirienses que estiveram no palco daquele conflito mundial e mostra como a imprensa local foi divulgando os acontecimentos.

Procede-se a uma abordagem da história de Leiria do início século XX e das suas principais mutações. O restauro da Diocese de Leiria, que havia sido perdida no século XIX, e o retrato fiel de uma região que vivia numa frágil República, são o pretexto para se conhecerem os principais acontecimentos de uma Leiria que chorou a partida dos seus filhos para a hecatombe da guerra. Muitos, infelizmente, não voltaram.

Outro objetivo desta investigação foi perceber como José Ferreira de Lacerda, que foi para a guerra como capelão militar, relatou os acontecimentos do conflito nas suas crónicas publicadas no jornal leiriense O Mensageiro.

 

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress