NATIVIDADE DA VIRGEM SANTA MARIA

Estive, durante uns curtos dias de férias, na Serra da Estrela...
http://lefa.pt/?p=54378

Estive, durante uns curtos dias de férias, na Serra da Estrela.

Lá tive oportunidade de tirar esta fotografia de Nossa Senhora, esculpida na rocha.

Neste dia da Festa da Natividade da Virgem Santa Maria, lembrei-me desta imagem e reflecti sobre o que ela pode representar e dizer sobre a nossa Mãe do Céu.

Em primeiro lugar a simplicidade do lugar onde está esta imagem, a natureza, os pastores a seus pés, (como em Belém, onde foram os primeiros a chegar), a beleza da naturalidade da cena.

A nossa Mãe do Céu é assim simples, pura como a natureza criada por Deus, recebe todos os seus filhos, dos mais humildes aos mais ricos e poderosos, (em termos humanos, claro), e o seu amor é o tão natural e profundo amor de mãe, impregnado do amor do seu Filho Jesus Cristo.

Em segundo lugar está a meio do caminho para subir a serra ou para descer da serra.

A nossa Mãe está sempre no nosso caminho para o Alto, para Deus, empurrando-nos com o seu amor, para vencermos as dificuldades da subida.

Mas também está sempre connosco quando decidimos descer das nossas certezas, das nossas sabedorias, das nossas riquezas, para humildemente procurarmos o seu Filho e d’Ele recebermos o amor que dá vida e vida em abundância.

Em terceiro lugar a imagem está esculpida na rocha.

Maria, nossa Mãe, é a rocha segura a que sempre nos podemos agarrar e confiar, para irmos ao encontro do seu Filho, na certeza de que essa rocha, que é nossa Mãe do Céu, sempre aponta a Jesus Cristo e não a si própria.

Em quarto lugar descortinamos por cima da imagem o azul do céu.

A nossa Mãe do Céu não quer ser nunca o fim em si mesma, mas sim o caminho seguro para o Céu da Salvação, que nos foi alcançada por seu Filho Jesus Cristo, pela Sua Morte e Ressurreição, por todos nós.

E poderia continuar a “descobrir” razões de reflexão na imagem, mas essas razões são tantas como tantos são os pensamentos de quem quiser ir para além da imagem e, dirigindo uma prece a Maria, entregar-se e deixar-se conduzir pelo seu sim, dizendo sim também, à vontade do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Maria, nossa Mãe, rogai por nós.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress