Nas Matas, nove crianças fizeram a Primeira Comunhão

Todas estas crianças sentiram-se completas e muito contentes por terem recebido dois sacramentos tão importantes para a caminhada cristã.

No domingo dia 22 de maio, o grupo de 3º ano da catequese da paróquia das Matas recebeu pela primeira vez Jesus no seu coração.

Esta cerimónia reuniu crianças, famílias e toda a comunidade paroquial. Para a possível realização desta cerimónia tão bonita, as crianças tiveram primeiro que procurar a reconciliação de forma a perdoar todos os seus pecados.

Alguns destes catequizandos estiveram com os seus catequistas no sábado dia 21 de maio no Santuário de Fátima para procurarem esta reconciliação com Jesus e também para conhecerem um pouco mais sobre este local tão importante para a nossa Diocese.

Nas Matas, nove crianças fizeram a Primeira Comunhão

Ao entrarem na igreja, estas crianças traziam uma rosa branca, que levaram até a um vaso colocado no altar e que, depois, foi levada para junto da padroeira da nossa paróquia, Nossa Senhora do Patrocínio.

Após a proclamação da Palavra e terminada a breve homilia presidida pelo padre Michelangelo, chegou a altura da apresentação de alguns símbolos que representam toda a caminhada destas crianças como de todos nós cristãos. No cortejo seguiram o pão, as uvas, a píxide com as hóstias, as galhetas com o vinho e a água que depois se iriam tornar corpo e sangue de Jesus, o catecismo deste ano de catequese, umas pequenas lembranças e ainda um símbolo que representa este ano da catequese.  Este símbolo foi uma pequena cruz, que foi usada para a via-sacra de Sexta-Feira Santa e que foi ornamentada por fotos das crianças que iriam celebrar a sua primeira comunhão neste dia.

Depois do momento da consagração chegou o momento tão aguardado por estas nove crianças, o momento de receber Jesus no seu coração!

Todas estas crianças sentiram-se completas e muito contentes por terem recebido dois sacramentos tão importantes para a caminhada cristã. No final da Eucaristia e antes da típica foto com o sacerdote, foram distribuídas as lembranças que eram constituídas por um terço, um livro de orações e ainda puzzle dos três pastorinhos com Nossa Senhora de Fátima.

Como catequista, gostaria de fazer um agradecimento especial a todos os pais que estiveram sempre presentes apesar de todas as adversidades que existiram, ao grupo coral que tão bem animaram esta celebração, ao padre Michelangelo que, por impossibilidade do nosso pároco, celebrou esta cerimónia de uma forma tão bonita e fez com que estes meninos tivessem uma celebração cheia de emoção.

Por fim, mas não menos importante, agradecer ao nosso pároco, padre Marcelo de Moraes, que foi incansável em tudo o que perguntávamos e mostrou-se sempre disponível para tudo. Apesar de não ter estado presente fisicamente sentimos a sua presença em todos os momentos.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress