Não houve caracóis, mas fez-se a festa de Nossa Senhora do Fetal

De referir que, durante este ano, todos os lugares da freguesia, realizaram as suas festas religiosas. Em contexto de pandemia, tomando todos os cuidados e cumprindo as regras básicas, mas nenhum padroeiro ficou por festejar.

A paróquia do Reguengo do Fetal celebrou no domingo, 4 de outubro, a festa em honra da Senhora do Fetal. À semelhança do que tem sido feito noutras paróquias, devido à situação de pandemia que vivemos, foi uma celebração bem diferente dos outros anos mas cheia de sentido e devoção.

Não houve iluminações com cascas de caracóis nem procissões. Não houve centenas de pessoas nem turismo de qualquer espécie.  Apenas fé, devoção e vontade de manter viva a tradição. A imagem de Nossa Senhora esteve presente na Igreja Matriz, desde o sábado, 26 setembro, até ao domingo, 4 de outubro. Durante este período, grupos organizados dos vários lugares da freguesia, marcaram presença com momentos de oração mariana. No domingo, pelas 14 horas, o andor de Nossa Senhora saiu em carrinha aberta e visitou os lugares  da freguesia. Fez uma breve paragem em cada igreja e, por fim, regressou ao Santuário onde foi realizada a Eucaristia.

De referir que, durante este ano, todos os lugares da freguesia, realizaram as suas festas religiosas. Em contexto de pandemia, tomando todos os cuidados e cumprindo as regras básicas, mas nenhum padroeiro ficou por festejar.

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Leia esta e outras notícias na...