Marrazes chora a morte do seu organista

Na missa de domingo um amigo partilhou a toda assembleia o trabalho a dedicação e o entusiasmo que o António sempre colocou no serviço que prestou à comunidade.

Foi com grande tristeza que a comunidade dos Marrazes recebeu no sábado a notícia do falecimento inesperado do senhor António Joaquim, organista titular da Igreja paroquial de Marrazes. No passado mês de outubro o casal celebrou as bodas de ouro acompanhado da família e amigos, e nada previa a sua partida. O evangelho deste domingo alerta-nos para esta realidade “estai vigilantes não sabeis o dia nem a hora que o Senhor chega”

Na missa de domingo um amigo partilhou a toda assembleia o trabalho a dedicação e o entusiasmo que o António sempre colocou no serviço que prestou à comunidade: na comissão de festas, no escutismo, comissão da Igreja, Filarmónica de S. Tiago e durante mais de cinquenta anos como organista, até ao último momento da sua vida

Neste momento a comunidade sente a dor da separação e está solidária com a esposa os filhos nora e netos, porque o António era estimado por todos.

O António era uma pessoa humildade que desempenhava a sua missão sem se dar conta da sua presença. 

Que Deus Pai o receba na sua glória e que dê à sua esposa, filhos, nora e netos, o conforto que necessitem.

Obrigado, amigo António, pelas vezes que bati à sua porta e se disponibilizou para ajudar nos projetos em que nos envolvemos.

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Leia esta e outras notícias na...

Escrito por:

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente