Leiria-Fátima já pensa o próximo ano e o Papa quer a participação de todos no Sínodo dos Bispos

Um dos pedidos expressos pelo Pontífice é que a XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos tenha uma abertura formal em cada diocese no domingo de 17 de outubro, com a realização de um encontro de reflexão e a celebração da Eucaristia.

A diocese de Leiria-Fátima já está a programar o próximo ano pastoral. Embora o plano já tivesse sido estabelecido há cerca de um ano, quando se começou a preparar o biénio dedicado à Eucaristia, as circunstâncias sanitárias e as regras de confinamento obrigaram a alterar grande parte do programa previsto para o presente ano. Nessa sequência, o que se propunha para dois anos, passa para três, passando naturalmente a triénio.

Na terça-feira, dia 1 de junho, reuniu-se o Conselho de Coordenação Pastoral (CCP) para auxiliar o Bispo diocesano na definição de alguns aspectos programáticos, de forma a haver uma maior adaptação. Um dos pormenores que foram considerados e que ocuparam grande parte dos trabalhos, foi a intenção do Papa Francisco de realizar o Sínodo dos Bispos com um itinerário diferente do habitual e que implica a participação especial das Igrejas particulares, isto é, as dioceses e, por conseguinte, as paróquias que as constituem.

É o próprio Papa que afirma em documento enviado às dioceses que “um processo sinodal integral só será realizado de forma autêntica se as Igrejas particulares estiverem envolvidas nele; e um autêntico envolvimento das Igrejas particulares só pode ser alcançado se também participarem os organismos intermediários”.

Um dos pedidos expressos pelo Pontífice é que a XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos tenha uma abertura formal em cada diocese no domingo de 17 de outubro, com a realização de um encontro de reflexão e a celebração da Eucaristia. Para dar resposta a esta solicitação, e prevendo a realização deste evento quase em simultâneo com a celebração do Dia da Igreja Diocesana, que marca o início oficial de cada ano pastoral no primeiro domingo de outubro, o CCP achou por bem que fosse dada um especial destaque à abertura do sínodo, que ocorrerá no Vaticano uma semana antes.

Analisadas as hipóteses, concluiu-se que manter-se-á a realização do Dia da Igreja Diocesana, embora num formato mais simples, marcado por uma mensagem do cardeal D. António Marto a ser enviada às paróquias. Em comunidade é previsto que seja feita uma celebração de acordo com orientações específicas dadas mais próximo da data que é no dia 3 de outubro.

XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos: Infografia da cronologia do processo sinodal

Para a abertura do referido Sínodo dos Bispos na diocese de Leiria-Fátima ainda não há informações concretas. Sabe-se, no entanto, que “a Secretaria Geral do Sínodo enviará um documento preparatório, acompanhado de um Questionário e um Vademecum com propostas para a realização da consulta em cada Igreja particular”, pode ler-se no documento enviado às dioceses. Prevê-se ainda que seja pedida uma participação concreta aos leigos na discussão de alguns assuntos da vida da Igreja, para dar resposta ao tema do Sínodo: Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.