Lectio divina para o 6º Domingo de Páscoa, Ano C (Podcast)

Descarregue o podcast da Lectio Divina no seu telemóvel e faça a sua reflexão em qualquer lugar e a qualquer hora...

Texto: José Henrique, P.
Vozes: Marta SODC e Cíntia Ferreira
Pós-Produção: José Simões, Rádio Canção Nova

«O Espírito Santo vos ensinará todas as coisas»

Lectio Divina para o Domingo VI da Páscoa (Ano C), 22.05.2022

Introdução

A diocese de Leiria-Fátima celebra neste VI Domingo da Páscoa, dia 22 de maio, o aniversário da sua criação, no ano de 1545. Este ano, esta data é marcada pela realização da Assembleia Sinodal diocesana, convocada pelo Sr. Bispo para nela se viver «a experiência da “comunhão, participação e missão” eclesial, recolhendo os contributos dos grupos, aprofundando e dialogando sobre os desafios que Deus coloca à nossa diocese e celebrando a alegria de ser Igreja em caminho».

No Evangelho deste domingo, sobressai a promessa do envio do Espírito Santo: Ele ensinará, recordará, será a presença constante que animará a comunidade e a fará compreender o caminho a seguir. É a presença e luz do Paráclito que invocamos para discernirmos os desafios que Deus lança à nossa Diocese, e à vida de cada um de nós, neste caminhar juntos, como Igreja sinodal.

Palavra de Deus

Vamos escutar uma passagem do Evangelho segundo São João (Jo 14, 23-29)

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Quem Me ama guardará a minha palavra e meu Pai o amará; Nós viremos a ele e faremos nele a nossa morada. Quem Me não ama não guarda a minha palavra. Ora a palavra que ouvis não é minha, mas do Pai que Me enviou. Disse-vos estas coisas, estando ainda convosco. Mas o Paráclito, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos recordará tudo o que Eu vos disse. Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não vo-la dou como a dá o mundo. Não se perturbe nem se intimide o vosso coração. Ouvistes que Eu vos disse: Vou partir, mas voltarei para junto de vós. Se Me amásseis, ficaríeis contentes por Eu ir para o Pai, porque o Pai é maior do que Eu. Disse-vo-lo agora, antes de acontecer, para que, quando acontecer, acrediteis».

Palavra da salvação

Meditação

No decorrer da última Ceia, Jesus prepara os discípulos para o que irá acontecer em breve: Ele vai partir para o Pai, mas garante que aqueles que O amam e guardam a sua palavra, não ficarão sós, pois, neles, Jesus e o Pai farão a sua morada. «Jesus volta ao Pai, mas continua a instruir e a animar os seus discípulos mediante a ação do Espírito Santo». A missão do Espírito será a de ensinar e recordar tudo o que Jesus disse. É necessário «fazer compreender plenamente e levar a praticar de maneira concreta os ensinamentos de Jesus», e esse caminho é feito na presença do Paráclito.

É Deus quem toma a iniciativa e se faz próximo, e convida a humanidade a responder com amor. Deixar-se amar e amar é o caminho da fé. 

Vivo a fé como uma resposta ao amor de Deus por mim? Sinto-me verdadeiramente morada de Deus?

«O Espírito guia o nosso modo de pensar, agir, distinguir o que é bom e o que é mau», diz o Papa Francisco. É no Espírito que a Igreja pode continuar a sua missão, em caminho sinodal, na resposta aos desafios de hoje.

Tenho a capacidade de me libertar dos meus pontos de vista, estratégias ou objetivos pessoais para procurar a vontade de Deus? Qual o meu contributo para que a minha comunidade viva e caminhe em espírito sinodal de “comunhão, participação e missão”?

No momento da sua partida, Jesus transmite confiança, serenidade e paz aos discípulos. Perante os medos, incertezas e contrariedades de todos os tempos, Jesus continua a transmitir esta paz que é também sinal da presença do Espírito Santo.

Diante das dificuldades e contrariedades, procuro acolher a paz de Jesus para vencer os medos e alimentar a esperança?

Oração

Aqui estamos, diante de Vós, Espírito Santo:
estamos todos reunidos no vosso nome.
Vinde a nós, assisti-nos, descei aos nossos corações.
Ensinai-nos o que devemos fazer,
mostrai-nos o caminho a seguir, todos juntos.
Não permitais que a justiça seja lesada por nós pecadores,
que a ignorância nos desvie do caminho,
nem as simpatias humanas nos tornem parciais,
para que sejamos um em Vós e nunca nos separemos da verdade.
Nós Vo-lo pedimos a Vós que, sempre e em toda a parte,
agis em comunhão com o Pai e o Filho pelos séculos dos séculos.
Ámen

OUVIR
https://anchor.fm/leiria-fatima
DESCARREGAR
http://l-f.pt/podlec

Esquemas alternativos em texto: https://lectio.leiria-fatima.pt

plugins premium WordPress