Lectio divina para o 3º Domingo da Quaresma, Ano C (Podcast)

Descarregue o podcast da Lectio Divina no seu telemóvel e faça a sua reflexão em qualquer lugar e a qualquer hora...

Texto: P. André Batista/ P. Jorge Guarda
Vozes: Filipe Ferreira e Carla Pereira
Pós-Produção: José Simões, Rádio Canção Nova

DIVERSOS DONS, MAS UM SÓ ESPÍRITO

Tema 3 do retiro popular – 3º domingo da quaresma 2022

Podcast

Introdução

Na Igreja são variados os dons, carismas ou graças concedidas a cada um, mas a origem desses dons é sempre o Espírito Santo. Não é legítimo um cristão apresentar os seus dons como algo pessoal, sem a humildade de os reconhecer, precisamente, como dádivas do amor de Deus. Na Eucaristia celebramos o dom maior do amor de Cristo que é partilhado com todos, precisamente, para o bem de cada um e da própria Igreja. Como reconhecer os dons do Espírito existentes em mim e na minha comunidade para o bem de todos e da missão da Igreja?

Palavra de Deus (1 Cor 12, 1-11)

Vamos escutar um texto da primeira carta de São Paulo aos Coríntios 

A respeito dos dons do Espírito, irmãos,
não quero que fiqueis na ignorância. 
Sabeis que, quando éreis pagãos,
vos deixáveis arrastar, irresistivelmente, para os ídolos mudos. 
Por isso, quero que saibais que ninguém,
falando sob a ação do Espírito Santo, pode dizer: «Jesus seja anátema»,
e ninguém pode dizer: «Jesus é Senhor», senão pelo Espírito Santo.Há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo; 
há diversidade de serviços, mas o Senhor é o mesmo; 
há diversos modos de agir, mas é o mesmo Deus que realiza tudo em todos. 
A cada um é dada a manifestação do Espírito, para proveito comum. 
A um é dada, pela ação do Espírito, uma palavra de sabedoria;
a outro, uma palavra de ciência, segundo o mesmo Espírito; 
a outro, a fé, no mesmo Espírito;
a outro, o dom das curas, no único Espírito; 
a outro, o poder de fazer milagres;
a outro, a profecia;
a outro, o discernimento dos espíritos;
a outro, a variedade de línguas;
a outro, por fim, a interpretação das línguas. 
Tudo isto, porém, o realiza o único e o mesmo Espírito,
distribuindo a cada um, conforme lhe apraz. 

Meditação

Os cristãos de Corinto questionam Paulo sobre os carismas, ou seja, sobre a forma diversa como cada um vivia e expressava a sua fé, como manifestações do Espírito de Deus. Era tal a diversidade de carismas e de expressões de fé naquela comunidade que ameaçava a sua unidade. 

Paulo esclarece então: «Há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo».

  • Faz um simples exercício de discernimento: identifica algum dom particular recebido (dom é diferente de qualidade e de capacidade, é a graça recebida para que essas qualidades se manifestem); toma consciência dele como dádiva proveniente do Espírito Santo e agradece.

Paulo continua: «há diversidade de serviços, mas o Senhor é o mesmo»

  • Pões os dons que recebeste ao serviço, não do teu prestígio ou promoção, mas dos outros e da comunidade, como Cristo? Pensa em exemplos concretos da tua vida… 

Paulo diz ainda: «há diversos modos de agir, mas é o mesmo Deus que realiza tudo em todos.»

  • Faz um acto de consagração ao Senhor e de reconhecimento da sua grandeza e poder. Diz-lhe que reconheces que é Ele quem realiza tudo em ti. Pede-lhe que saibas sempre contribuir para a unidade da Igreja e a fraternidade universal.

Oração

Ó Deus, que instruís os corações dos vossos fiéis
com a luz do Espírito Santo,
fazei que apreciemos retamente todas as coisas
e gozemos sempre da sua consolação.
Por Cristo, nosso Senhor.
Ámen.

OUVIR
https://anchor.fm/leiria-fatima
DESCARREGAR
http://l-f.pt/podlec

Esquemas alternativos em texto: https://lectio.leiria-fatima.pt