Frei Ventura na Marinha Grande desafia a dizermos “eu amo-te”

O frei Fernando Ventura, franciscano capuchinho, foi o convidado pela pastoral familiar vicarial da Marinha Grande para uma conferência, no passado dia 13 de dezembro, sobre o tema diocesano deste ano pastoral, “Família, comunidade de fé, de amor e de vida”.

Segundo Paulo Marrazes, da equipa organizadora, “um dos momentos mais marcantes da noite foi quando o orador pediu às pessoas que olhassem nos olhos para quem estava a seu lado e dissessem “eu amo-te”. Nesse momento percebeu-se como tudo seria tão belo e simples se conseguíssemos dizer “eu amo-te” ao nosso próximo, seja ele quem for”.

No relato enviado ao PRESENTE, Paulo Marrazes refere ainda que “a assembleia, que ocupou grande parte do auditório da Escola Calazans Duarte, ficou muito satisfeita com o que ouviu e com o modo como o tema foi apresentado”. E retém a frase que considera ser a que melhor ilustra o projeto de vida do orador: “ser gente com gente, para que cada vez mais gente seja gente e nunca ninguém deixe de ser pessoa”.

No final, frei Ventura deu uma pequena sessão de autógrafos a propósito do seu livro “Somos pobres mas somos muitos”, lançado recentemente em coautoria com Francisco Franco, cujas receitas revertem em parte para o banco alimentar que este religioso assegura em S. Tomé e Príncipe.

 

Receba as notícias do SÍNODO em tempo real

Pode, ainda, escolher quais as notícias que quer receber: destaques, lectio divina, catequese, da sua paróquia…

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Leia esta e outras notícias na...

Escrito por:

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente