Filipe Salgueiro em entrevista: “atividade de Guias capacita escuteiros para enfrentar novos desafios”

Entrevistámos o Filipe Salgueiro, Secretário Regional Pedagógico, para sabermos um pouco mais como decorreu a atividade de Guias este ano.

Nos passados dias 14 e 21 de novembro a Região de Leiria-Fátima realizou a já habitual Atividade de Guias. Fundamental no princípio de um novo ano escutista, este encontro tem por objetivo capacitar os elementos que este ano ficarão responsáveis pelas suas patrulhas para desempenhar da melhor maneira o papel de liderança. Entrevistámos o Filipe Salgueiro, Secretário Regional Pedagógico, para sabermos um pouco mais como decorreu a atividade este ano.

Como é que o papel do guia se alterou este ano? Quais são os novos desafios que o guia enfrenta?

O papel do guia não se alterou, simplesmente os métodos utilizados por este se viram afetados. Toda a facilidade que existia, até há cerca de um ano atrás, em reunir as pessoas para poderem fazer o trabalho que precisavam desapareceu quase inteiramente. Lidamos com pessoas de diferentes concelhos, com diferentes leis que lhes estão aplicadas e que estão em constante mudança e isso traz uma grande indefinição e dificuldade em gerir as pessoas que é suposto liderar.

Mais do que nunca será essencial para um guia conhecer as pessoas que tem de liderar, conhecer os seus receios, limitações com tecnologias e conseguir dialogar para chegar a compromissos entre todos.

É cada vez mais um desafio saber utilizar todas as plataformas existentes para cumprir os objetivos da sua equipa. Verificou-se que temos muitas plataformas, muitas aplicações, muita informação, mas não as sabemos utilizar ao máximo e temos muita dificuldade em filtrar o essencial do acessório.

Qual a importância da realização de uma atividade de guias presencial (ainda que em moldes diferentes) neste ano tão atípico?

O CNE sempre teve presente a importância que tem para os seus jovens, pelas oportunidades de crescimento e desafios que lhes coloca. Contudo, esta pandemia veio realçar e relembrar que muitas vezes tomamos por certo a possibilidade de estarmos juntos, na natureza, o que nos pode levar a não o valorizar como deveríamos.

Todas estas dimensões de comunidade, natureza e trabalho em equipa, que se viram ameaçadas e postas em causa durante estes meses, são exatamente aquilo que nos fez avançar para uma atividade de guias presencial. Não nos podemos esquecer que, mesmo com limitações, a nossa força está em crescermos juntos no mundo real e não numa sala isolados.

Temos de ser luz de esperança e levar connosco a bandeira de que é possível estarmos juntos e fazermos atividades desde que sejamos criativos e tomemos as medidas necessárias para que os nossos escuteiros estejam seguros.

Como se realizou a atividade de guias este ano?

Normalmente a atividade de guias reúne os guias de todas as secções dos diversos agrupamentos da região num único espaço. Como seria impraticável fazê-lo este ano, pelo elevado número de escuteiros que se reúnem, foi decidido que precisávamos de inovar no modo como esta atividade decorre. A solução encontrada foi descentralizar a atividade para os agrupamentos. 

Foram então criadas dinâmicas específicas para cada secção, de modo a que os dirigentes as pudessem dinamizar nos seus agrupamentos com os seus escuteiros. Foram ainda divididas as secções de modo a que num sábado fosse a atividade dos Exploradores e Caminheiros e somente na semana seguinte fosse a atividade dos Lobitos e Pioneiros.

Os caminheiros, devido ao número mais baixo de elementos, puderam estar juntos por Áreas Pedagógicas, existindo assim uma maior riqueza na sua atividade.

Este novo molde da atividade ainda está em processo de avaliação, contudo, demonstrou que é possível pensar fora da caixa e realizarmos as nossas atividades.

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.