Faleceu o Padre Albino da Luz Carreira

Nesta manhã de 31 de dezembro de 2013, no hospital de Abrantes, onde se encontrava internado desde o dia de natal, por motivo de doença grave, faleceu o Padre Albino da Luz Carreira, de 75 anos, pároco de Minde, no concelho de Alcanena, diocese de Leiria-Fátima.

A celebração das exéquias terá lugar no pavilhão Ana Sonça, em Minde, amanhã, 1 de janeiro, às 14.30 horas. Depois, o cortejo fúnebre far-se-á para o cemitério do Casal Vieira (São Mamede), onde se fará o sepultamento na campa dos pais. O corpo estará em câmara ardente na igreja paroquial de Minde, a partir de hoje, ao princípio da tarde.

O padre Albino da Luz Carreira nasceu em São Mamede, concelho da Batalha, a 6 de junho de 1938, filho de Joaquim da Conceição Carreira e de Maria da Luz.

Entrou para o Seminário Diocesano de Leiria em 1951 e terminou o curso de teologia no ano de 1964. Foi ordenado sacerdote neste mesmo ano, no dia 15 de agosto, na Sé de Leiria, pelo bispo D. João Pereira Venâncio.

De Outubro 1964 a Março 1965 fez o Curso de Pastoral no Colégio Universitário Pio XII, em Lisboa. Posteriormente, continuou a sua formação intelectual e científica fazendo diversos cursos: Psicologia (Instituto Superior de Psicologia Aplicada, Lisboa), Ciências Etnológicas e Antropológicas (Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas), Estudos Portugueses (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).

Exerceu a docência das disciplinas de Psicologia, Antropologia Cultural e Português no Seminário Diocesano de Leiria. Foi também professor de Educação Moral e Religiosa Católica na Escola Preparatória D. Dinis de Leiria, de 1973 a 1980 e de 1982 a 1989. Durante três anos (1979-1982) colaborou no Colégio de S. Miguel, em Fátima, como auxiliar do Diretor.

No exercício do ministério sacerdotal, foi coadjutor do pároco do Souto da Carpalhosa (1965-1966), diretor espiritual do Seminário Menor de Leiria (1966-1973), auxiliar do pároco dos Poucos, diretor do Secretariado Diocesano da pastoral das vocações (1972-1988), capelão da Prisão-Escola e da Cadeia Regional de Leiria (1989-2004), assistente da Cáritas diocesana de Leiria (1995-2007) e pároco de Minde (2004-2013).

A sua ação estendeu-se ainda ao serviço de apoio social, espiritual e pastoral aos ciganos (1968-2000), à assistência a vários movimentos  e obras eclesiais, como o Movimento “Família dos Sacerdotes” (1974-2002) e o Renovamento Carismático Católico. Foi diretor espiritual e dedicou muito do seu tempo ao atendimento na relação de ajuda a inúmeras pessoas e famílias, que o procuravam e nele encontravam alívio e conselho para a resolução dos seus problemas e sofrimentos.

O Padre Albino era dotado de uma bondade e boa disposição contagiantes que o tornavam facilmente amável, confiável e procurado como conselheiro. A sua palavra às pessoas era ouvida e seguida espontaneamente. O seu estilo pastoral, onde quer que exercesse o seu ministério de sacerdote, tinha precisamente esta marca, que lhe granjeava a admiração e amizade de muitas pessoas. Tornou-se por isso um padre muito popular.

A Diocese de Leiria-Fátima agradece a Deus este seu servidor no ministério sacerdotal e confia-o à infinita misericórdia divina para que o acolha no Reino eterno. Ao mesmo tempo, apresenta sentidas condolências à família, à paróquia de Minde e a quantos sofrem com a sua partida desta vida. A todos sirva de conforto a graça da fé e a oração ao Senhor da vida.

  

Padre Jorge Manuel Faria Guarda

Vigário Geral de Leiria-Fátima

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.