Este ano há Natal nas prisões? Os Samaritanos respondem…

Este ano, entristeceu-nos não podermos ir cela a cela (como é habitual todos os anos), levar o aconchego de Deus Menino – através da nossa presença e da entrega deste pequeno presente – a cada irmão recluso, cumprimentando-os, olhando-os nos olhos, apertando-lhes as mãos.

Com a pandemia de Covid-19, este ano os nossos irmãos reclusos ficaram ainda “mais presos”. A circustância em que se encontram já prevê a privação de liberdade, mas esta pandemia veio tirar-lhes também a proximidade dos Samaritanos. Felizmente, os Samaritanos não são um grupo de pessoas de ficar à espera que as coisas aconteçam sozinhas, e muito menos de ficar à espera que o tempo “cure” a pandemia para, então, se voltarem a aproximar dos nossos irmãos reclusos. Com o Natal a chegar, levar Jesus, o Deus Menino, e a boa nova do Seu nascimento é imperativo!

Foi com este lema que nós, Samaritanos, pensámos, reunimos, fizemos, desfizemos, articulámos, rezámos… para que fosse possível levar o Natal dentro das prisões. Com muita alegria, pudemos preparar mais de 300 presentes (para o total de reclusos dos dois estabelecimentos prisionais de Leiria), tendo colocado em cada saco: 

  • um presépio, para que possa ser contemplado o nascimento do Deus Menino);
  • um postal dos Samaritanos, com uma mensagem encorajadora e de votos de um Feliz Natal (ver imagem);
  • umas meias, simbolizando o conforto que lhes queremos levar, a vontade de aquecer os seus corações no deserto frio das prisões (é um dos artigos mais pedidos pelos reclusos);
  • uma agenda jovem de 2021, uma ajuda à orientação e à busca de dar sentido aos dias;
  • uma caneta, um artigo que parece tão simples mas que pode ser essencial, principalmente nos momentos de maior solidão.

Este ano, entristeceu-nos não podermos ir cela a cela (como é habitual todos os anos), levar o aconchego de Deus Menino – através da nossa presença e da entrega deste pequeno presente – a cada irmão recluso, cumprimentando-os, olhando-os nos olhos, apertando-lhes as mãos. Mas não baixámos os braços e, em articulação com os serviços sociais e com a direção das prisões, criou-se a solução para levar o Natal às prisões em tempo de pandemia.

Assim, cada irmão recluso irá receber esta semana um presente, preparado pelos Samaritanos mas entregue pelas mãos dos guardas prisionais, dos assistentes sociais e demais profissionais dos dois estabelecimentos prisionais de Leiria (Antiga “Prisão-Escola” e Prisão Regional).

Que Deus abençoe as mãos que farão chegar estes presentes até cada irmão recluso, pois este pequeno gesto, para nós, significa Irmão, não estás só: Jesus também nasceu por ti!

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia…

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter

Print

Print Friendly, PDF & Email

REDE - Revista Digital

Mais recente

Telegram: Leiria-Fátima News

Todas as notícias de www.leiria-fatima.pt em primeira mão no seu smartphone.
Canal unidirecional para divulgação de notícias da Diocese de Leiria-Fátima.

Telegram: Leiria-Fátima Chat

Canal de conversação da Diocese de Leiria-Fátima.
Para troca de ideias sobre os canais digitais da Diocese de Leiria-Fátima e partilha de conteúdos entre os seus colaboradores na área da comunicação.

Newsletter

Nota: Depois de submeter a sua inscrição, deve confirmá-la. As instruções estão num email que irá receber.