Entrevista a Maria da Saudade

Maria da Saudade Pereira dos Santos tem 56 anos. Embora nascida na paróquia de Carnide, desde jovem abraçou o Pedrógão como o seu lar.

Foi um dos trabalhos como empregada doméstica que a levou até lá. Na altura, para acompanhar uma família para quem trabalhava, que passava férias durante três meses naquela praia. Numa dessas estadas conheceu o marido, natural do Pedrógão, lugar onde viria a formar família e onde criou os seus três filhos. Trabalha, desde 1991, na casa da Cáritas Diocesana de Leiria no Pedrógão, como encarregada de setor. É na cozinha que passa a maior parte do tempo. A dedicação com que desempenha o seu trabalho transformou-o numa missão que abraçou, e os monitores, crianças e utentes que por ali passaram tornaram-se numa “outra família”. Em conversa com o Presente Leiria-Fátima, Maria da Saudade recordou a primeira vez que viu o areal daquela praia e de como desejou viver ali o resto da sua vida, uma vida dedicada a servir os outros.

Entrevista completa na edição em papel do Presente Leiria-Fátima, edição de 31.07.2014.

 

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

plugins premium WordPress