ENDIAD: adolescentes e jovens de Leiria-Fátima provam a Jornada Mundial da Juventude

Ainda não tinham soado as 9h00 da manhã e já o Santuário de Fátima se enchia das cores da JMJ Lisboa 2023: verde, vermelho e amarelo. Explicou o padre André Batista, coordenador do Comité Organizador Diocesano de Leiria-Fátima, que “este encontro foi uma excelente oportunidade para dar a conhecer a JMJ nas suas diversas dimensões”. 

No dia 7 de maio, mais de 950 adolescentes e jovens do 7º ao 10º anos de catequese e cerca de 190 catequistas e animadores participaram no Encontro Diocesano de Adolescentes (ENDIAD) de Leiria-Fátima, que teve como tema «Dispostos ao sim», a caminho da Jornada Mundial da Juventude.

Ainda não tinham soado as 9h00 da manhã e já o Santuário de Fátima se enchia das cores da JMJ Lisboa 2023: verde, vermelho e amarelo. Explicou o padre André Batista, coordenador do Comité Organizador Diocesano de Leiria-Fátima, que “este encontro foi uma excelente oportunidade para dar a conhecer a JMJ nas suas diversas dimensões”. 

Enquanto a parte da manhã foi dedicada ao “sim de Maria”, inspirados no tema «Maria levantou-se e partiu apressadamente», culminando com a Missa, presidida por D. José Ornelas, que convidou os jovens a, como Maria, ousarem levantar-se, a parte da tarde, dinamizada pelos vários Comités Organizadores Vicariais da Diocese (COV), foi dedicada à apresentação da JMJ através das palavras: Festa, Peregrinação, Mundial, Papa e Portugal, em 5 ateliers que dinamizaram a experiência de cada uma destas dimensões. Conta-nos a Laura, uma jovem participante, que, também ao longo da tarde, “pudemos contactar com outros jovens e outros grupos de catequese e até trocar símbolos com eles, perguntar os nomes deles e de onde é que eram”, à semelhança do que acontece na JMJ. 

Como o ENDIAD não podia terminar sem festa, o final da tarde foi animado pela Banda Missio, pelo testemunho de um jovem que já participou na JMJ de Madrid, em 2011, e na de Cracóvia, em 2016, e contou ainda com a presença do presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, D. Américo Aguiar, que aproveitou para desafiar os adolescentes e jovens à participação na JMJ e, mais ainda, a convidarem todos os seus amigos a participar também, a serem influencers da Jornada Mundial da Juventude.  A Maria, uma adolescente da paróquia de Leiria, disse-nos que a sua parte preferida foi a festa final e que se tiver amigos que não querem ir à JMJ lhes vai dizer que “vai ser uma oportunidade para fazer amigos de todo o mundo e guardar experiências para a vida”.

ÁLBUM FOTOGRÁFICO
https://lefa.pt/?p=48280

O padre José Henrique, diretor do Serviço Diocesano de Catequese, que organiza este Encontro Diocesano de Adolescentes, expressou o seu agrado pelos frutos do ENDIAD, que “envolveu e entusiasmou os adolescentes e jovens de Leiria-Fátima neste caminho de preparação para a JMJ, mostrando-lhes num só dia, e em pequena dimensão, o que eles podem experimentar em 2023”.

Partilhar / Print

Print Friendly, PDF & Email

Leia esta e outras notícias na...

Receba as notícias no seu email
em tempo real

Pode escolher quais as notícias que quer receber: destaques, da sua paróquia

Mais recente

plugins premium WordPress